GASTRITE COM AZIA, REFLUXO, ANSIEDADE, INSÔNIA, SONO LEVE, ATIVIDADE/INTENSIDADE MENTAL E ETC.

carolina

Conheci o Centro Taoísta há cerca de 2 meses, em uma busca pela internet. Depois de ler praticamente todos os depoimentos de pacientes resolvi marcar uma primeira sessão de acupuntura.

Eu já havia feito acupuntura em 3 momentos da minha vida, cada vez com um profissional diferente. Sempre foi bom, mas nunca vivi uma experiência de transformação e aprendizado como a que tenho vivido agora no Centro Taoísta. Lá eu cheguei em busca de uma alternativa sem remédios para tratar de uma gastrite, com sintomas constantes de azia e refluxo, além de um quadro permanente e antigo de ansiedade, insônia, sono leve e muita atividade/intensidade mental.

Desde a primeira sessão de acupuntura, minha digestão melhorou incrivelmente, eu praticamente não tive mais azia nem refluxo ao longo desses 2 meses. O sono teve uma melhora sensível também. Há noites em que ainda demoro a dormir, mas é visível que as noites em que durmo bem melhoraram muito. Ainda oscilo bastante, e sinto que tenho uma resistência forte no corpo que me impede de ir além.

Choro em muitas sessões, fico angustiada com medo de não melhorar mais, caio novamente nas armadilhas da minha mente e da minha ansiedade. Tenho vivido todo o processo de aprendizado sobre a energia com muita entrega, com muita dor também, porque já compreendi que preciso me desapegar de velhos hábitos, velhas visões do corpo, da saúde, da doença, e realmente não é fácil transformar toda a forma já sedimentada de entender isso. Fomos calcados em uma visão ocidental e alopática da medicina em que somos pacientes passivos, sem responsabilidade por aquilo que nos atinge.

Acho que o que tenho aprendido de mais fundamental nesse processo com o prof. Tsai é que somos de fato responsáveis pelo nosso corpo, por nossa saúde e por nosso processo de cura e adoecimento, e que ser/estar ativo é essencial. A acupuntura também nos deixa visivelmente mais sensíveis e percebemos com grande facilidade como o nosso corpo reage a tudo, mas é preciso que saibamos compreender esses sinais e isso vem somente com o tempo.

Depois das sessões fico muito sensível e com o corpo mais quieto. Aprendi a não exigir dele muita atividade nesse momento. A minha ansiedade é permanentemente confrontada com a concepção não imediatista que o prof. Tsai propõe.

Não é fácil tentar se reorganizar intimamente de forma tão diferente, mas tem sido verdadeiramente transformador.

 

19/05/2017  Carolina Junqueira

E-Mail: carolinajs80@gmail.com

http://www.centrotaoista.com.br

FORTE DOR DA CABEÇA, ENXAQUECA, INSÔNIA E ETC.

SilvanaOK

Silvan & Wilson

Somente quem convive com DOR, vai dar atenção a este depoimento…

Sempre convivi com dor de cabeça, constantemente, forte ou fraca… Sempre tomando remédio, até perceber que os remédios não aliviavam. Então, eu não tomava mais o remédio. Aceitava a dor!
Comentava com os médicos, na esperança de um alívio, e não querendo ouvir que eu estava com algo grave! (Que é o que eles dão a entender… Que você quer o diagnóstico de algo sério, pra chamar a atenção!) Mas, nenhum médico dá a devida importância!!! Alguns dão risada! Dizendo que o médico que descobrir a cura pra dor de cabeça vai ficar rico!!!
Em Novembro de 2016, as dores vinham aumentando, a ponto do desespero! Não tenho empregada, tenho duas filhas… Dizem que para enxaqueca você deve deitar em quarto escuro… o que é impossível.
A dor só piorava, estava acordando de madrugada com muita dor desde a testa até a nuca, deitada, dormindo!
Pensava que era coluna… enfim…
Chegou um dia, em que eu já ia me jogar em um pronto socorro e sei lá, me internar…
Meu marido já havia conhecido o Centro Tauista, uns 5 anos antes. Por causa principalmente de sua coluna também, e de outros sintomas… E já estava bravo, pois eu tinha medo de ir…
Decidi, naquele dia desesperador, em que eu não parava de chorar de dor…
Dr. Tony Tsai me atendeu, pediu para repousar o restante daquele dia. Naquela tarde, sentia como se estivesse de ressaca, apenas pesada, cansada. Consegui dormir assim que cheguei em casa, o que é bem difícil… e no dia seguinte: O inacreditável!!! Amanheci SEM DOR!!!
A surpresa é tão grande! a gratidão!… Saí fazendo propaganda aos amigos e familiares… Mas as pessoas relutam um pouco em ouvir sugestões de amigos… Somente quem convive com a dor, entende!
Não deixe o seu estado piorar! A qualidade de vida sem dor, é muito melhor…
Ahhh o Chá dele também é ótimo! Bom, eu sempre gostei de chá.
Meus caros, eu espero ter transmitido minha experiência! Fiquem com Deus!
Atenciosamente,
24/04/2017    Silvana de Melo Gondolfo
37 anos, Casada, 2 filhas, Moradora do bairro de Perdizes.SP

GASTRITE, PSORÍASE, ÚTERO, OVÁRIO E AMÍGDALAS AUMENTADOS, MENSTRUAÇÃO IRREGULAR, DEPRESSÃO, ANSIEDADE, ASSUSTO FACILMENTE, CHORO FÁCIL, SUOR EXCESSIVO, CALVÍCIE, CANSAÇO EXTREMO, MÃOS E PÉS FRIOS, TENSÃO, MÃOS E LÁBIOS PÁLIDOS, INSÔNIA, NERVOSISMO

reginaok

Os problemas de saúde que tenho são: gastrite, psoríase, útero, ovário e amígdalas aumentados, menstruação irregular, depressão, ansiedade, assusto facilmente, choro fácil, suor excessivo, calvície, cansaço extremo, mãos e pés frios, tensão, mãos e lábios pálidos, insônia, nervosismo.

Tenho gastrite a 38 anos nunca consegui me alimentar direito tudo que comia me fazia mal era como se a comida ficasse parada no estômago, nesse tempo todo utilizei todos os medicamentos prescritos pelos médicos para bloquear  a produção de ácido no estômago mas nenhum medicamento surtiu efeito. Utilizei ervas conhecidas para problemas no estômago e a homeopatia que também não surtiram efeito.

Com relação a psoríase que tenho na nuca e dentro dos 2 ouvidos passei todas as pomadas de corticóides existentes em todas as potências, comprei pomada importada, fiz compressas com ervas, argila, fototerapia e nada surtia efeito é como não houvesse passado nada.

Já para a queda de cabelo excessiva que pode ser chamada de calvície utilizei shampoos, ervas e loções e nada melhorou.

Para os problemas menstruais tomei vários anticoncepcionais por 10 anos que acabaram me dando efeitos colaterais como dores de cabeça e surgimento de espinhas e por esses motivos parei de tomá-los.

Quanto a insônia, depressão e  ansiedade tomei medicamentos prescritos pelo psiquiatra e não encontrei melhora nos sintomas e como efeito colateral foi o aumento de peso e inchaço então parei de tomá-los.

Nesse tempo todo passei por cerca de 5 profissionais de acupuntura e fiz ao todo mais ou menos 59 sessões de acupuntura sem resultado algum me senti mais uma vez frustrada.

Resolvi tentar mais uma vez a acupuntura e procurei por acupunturistas no Google e resolvi marcar uma consulta com o Prof. Tsai.

Na primeira consulta com o Professor Tsai ele me disse ” Se eu estou falando que seus problemas de saúde vão melhorar é por que vão melhorar.” Isso me passou uma motivação pois senti que ele sabia e tinha confiança total no tratamento. Por isso deixei meu tratamento nas mãos dele é só confiar e seguir o que ele fala.

Estou na 8ª sessão de acupuntura e tenho visto ótimos resultados, a psoríase está cada dia mais clareando a vermelhidão, a pele está afinando pois era grossa e áspera. Quanto a gastrite há dias que sinto fome coisa que eu nem sabia mais o que era, alguns alimentos já não me fazem mal quando como. Quanto a insônia tem dias que durmo e só acordo com o despertador. Com relação a queda de cabelo, o cabelo continua caindo mas a queda diminuiu. Ansiedade, depressão e nervosismo diminuíram. O cansaço diminuiu já consigo fazer atividades que antes não conseguia.

Sei que tudo que estou passando faz parte de um processo e a cada dia que passa só aparece boas melhoras. E o melhor de tudo não há efeito colateral nenhum. No dia 03/01/2017 fiz minha primeira aula de Tai Chi nesse dia sai com um bem-estar, sei que preciso aprimorar e muito as posturas, pois estou investindo na minha saúde.

A única coisa que me arrependo é não ter conhecido o Prof. Tsai antes, pois vivia uma vida de sofrimento com essas doenças. Relatei o que vivenciei espero ter passado confiança para as pessoas que se encontram na minha situação de sofrimento com doenças que nem eu possam pararem de sofrer.

Atenciosamente

06/01/2017     Regina Avila Martines

E-Mail: regina.martines@hotmail.com

http://www.centrotaoista.com.br

OBESIDADE, DOR NA COLUNA, DOR LOMBAR, DOR CERVICAL, FASCITE PLANTAR, UNHAS FRACAS, RINITE ALÉRGICA, SINUSITE, INSÔNIA E ETC.

giani

Meu nome é Giani Cristina Sanches. Sou Secretária Executiva.

 

Eu encontrei o Centro Taoísta de Cultivo da Longevidade, procurando pela Internet: “ Acupuntura para tratamento de Obesidade”. Liguei e agendei a consulta.

 

Em 24/09, Sábado, foi a minha primeira consulta. Eu preenchi a minha ficha e coloquei que a minha procura pela Acupuntura era para tratar a Obesidade, mas que eu tinha outros problemas: dor na coluna (cervical, lombar); dor nos pés (fascite plantar) e outros. O Prof. Tsai me perguntou se eu tinha lido todos os depoimentos do site e eu disse que não tinha lido todos. Li somente alguns relacionados ao problema de Obesidade. Ele me pediu para ler mais. A primeira sessão de acupuntura me assustou um pouco, por conta que é necessário fazer um desbloqueio energético para depois fazer a aplicação de acupuntura. Senti dor mas, ela é suportável. Na sequencia recebi as recomendações necessárias e que seria necessário fazer uma aplicação de acupuntura durante a semana, para manter o equilíbrio energético e tomar um chá diariamente.

 

Cheguei em casa, entrei no site e li vários depoimentos. Segui as recomendações e tomei o chá todos os dias, seguindo também a forma de preparar e tomar.

 

Na segunda consulta, quando cheguei, li no painel de avisos, o depoimento de uma amiga, que trabalha comigo, faz o tratamento e faz Tai Chi. Me senti segura e no lugar certo.

 

O tratamento seguiu nas consultas de 29/09, 01/10, 05/10 e 08/10. Melhorei muito da dor na coluna, da dor nos pés,  e apresentei melhora na respiração (eu tenho rinite alérgica e sinusite); o sono melhorou, as minhas unhas cresceram (estão mais fortes) e eu estava mais disposta a cada sessão.

 

No dia 12/10, no feriado, eu fui a feira e puxei o carrinho de compras (aproximadamente uns 9 quilos em uma subida). Quando eu cheguei em casa senti que algo estava errado, eu estava com o rosto vermelho e transpirava muito. Pensei: não devia ter feito isso! Comecei a sentir dor novamente.

 

No dia 13/10, na minha consulta, não aguentava de dor na coluna. Estava a ponto de chorar. Quando falei para o Prof. Tsai o que fiz, ele me disse que eu não podia ter feito. Nas recomendações que eu tinha recebido, estava escrito somente caminhada. Eu fui ingênua e não sabia que poderia ocorrer isso, pois eu estava muito bem. Estar sem dor é maravilhoso. Faz você se sentir bem.

 

Agora, ciente das consequências, estou na sequencia do tratamento. Já fiz consultas em 16/10 e 19/10 e estou melhorando novamente.

 

Quanto a obesidade, vou emagrecer, mas agora estou buscando melhoras nas minhas dores e o Prof. Tsai disse que o emagrecimento acontecerá automaticamente e eu acredito. Na próxima consulta iniciarei o Tai Chi.

 

Para aqueles que lerem o meu depoimento, eu ainda estou em tratamento, mas recomendo.

 

Agradeço ao Prof. Tsai por sua atenção, orientação e acompanhamento.

 

 

 

19/10/2016   Giani Cristina Sanches

E-Mail: Giani.sanches@uol.com.br

http://www.centrotaoista.com.br

 

DESLOCAMENTO NO MAXILAR, BRUXISMO, SINUSITE, ESTRESSE, DESVIO DO SEPTO BILATERAL, ALERGIA, ESPINHAS NO ROSTO, INSÔNIA E ETC.

adreia01  adreia02

Meu nome é Andreia Amaral Sousa, sou profª de Química e de Ciências, conheci o Centro Taoísta de Cultivo à Longevidade por intermédio de uma amiga (Teresa Cristina Diniz), que tive o prazer de ver com meus próprios olhos as melhoras em sua saúde proporcionadas graças às sessões de acupuntura e as aulas de Tai Chi.

Agora tenho a honra de compartilhar um pouco da minha história… Há uns dois anos, tive um deslocamento no maxilar provocado por bruxismo, que no início só ocorria às noites após o dia estressante de trabalho em duas escolas, porém as dores começaram a se manifestar durante o dia e muitas vezes me pegava com o maxilar travado durante as aulas por conta do nervoso provocado pelos alunos, de repente no meio do mês de agosto de 2014 ao tentar morder uma batata cozida meu maxilar deslocou – a dor foi terrível – e a partir daí precisei procurar ajuda de um buco maxilo, que a princípio me proibiu de comer qualquer coisa sólida ( tive que me adaptar a comer sopa e papinhas), assim como era de se esperar, minha saúde foi ficando cada vez pior, emagreci muito, perdi minha qualidade de sono, as dores de cabeça eram constantes (me tornei a maior consumidora de Advil) e a medicação que foi receitada já não fazia muito efeito, o buco maxilo já falava em cirurgia, fiquei apavorada!

Não bastasse tudo isso, começaram a surgir várias crises de sinusite e minha pele começou a apresentar as sequelas desse quadro de falta de saúde. Precisei procurar uma dermatologista, esta por sua vez, após uma consulta recomendou que não usasse mais produtos cosméticos e tomasse uma certa medicação, porém não melhorei e voltei ao consultório, dessa vez fiquei muito surpresa pois ela disse que meu problema de pele era devido à sinusite (achei estranho pois o que tem a ver a pele com a sinusite) fui encaminhada a uma otorrinolaringologista que logo de cara falou que eu era muito alérgica e me pediu um exame chamado nasofibroscopia o resultado?: Desvio do septo bilateral.

Fiquei preocupada, pois já vinha protelando uma cirurgia do maxilar e agora aparecia uma possibilidade de ter que operar o septo?

Nesse meio tempo a Teresa que acompanhava o desenrolar dessa trajetória de doenças (pois trabalhamos na mesma escola) sugeriu que eu fizesse a acupuntura, lógico que muitas vezes me esquivei do convite pois não acreditava muito nesse tipo de tratamento, mas a essa altura do campeonato estava aceitando qualquer tipo de ajuda).

No dia 08/ 07/16 comecei meu tratamento com o Profº Tsai – fiquei espantada a princípio com a surra que ele me deu (faz parte do tratamento uma massagem básica), mas nesse dia minha maior surpresa foi perceber que eu sai de lá respirando pelo nariz ( há anos não sabia o que era isso – aliás acho que nos meus 37 anos de vida nunca soube, pois desde pequena frequento consultórios médicos de otorrinolaringologistas, inclusive aos 8 anos de idade fiz uma cirurgia de adenoide e extração das amigdalas graças às inúmeras infecções que tive quando criança).

Hoje completo minha 10ª sessão de acupuntura, agora acompanhada de aulas de Tai Chi e percebo que valeu muito a pena mudar meus pensamentos e aceitar que algo que não vemos (a energia) é tudo para termos qualidade de vida.

Muitas vezes me pego lendo os resumos comentados dos capítulos do Tao Te Ching e os depoimentos de várias pessoas que já passaram por situações iguais ou piores que a minha e melhoraram e sinto uma imensa gratidão por poder ter a oportunidade de levar as “surras” do Profº Tsai, por frequentar as aulas de Tai Chi ministradas pela atenciosa e dedicada profª Flavia e por ter uma amiga insistente (Teresa) e aos novos amigos que fiz nesse ambiente tão mágico, pois graças a todos eles hoje posso dizer que me sinto no caminho certo, no lugar certo, estou em busca de melhoria de qualidade de vida e isso só foi e está sendo possível graças a essas pessoas tão especiais. Inclusive quero registrar que não tomei mais nenhum medicamento desde a minha primeira sessão e hoje em dia percebo que tenho mais calma nas atividades do dia a dia, a melhora aconteceu em vários aspectos da minha vida, tanto físicos quanto emocionais.

Como não poderia ser diferente, espero que esse relato sirva de incentivo para outras pessoas, que assim como eu precisam de ajuda, que deem o primeiro passo e uma chance para o novo, o desconhecido, porém precisam ter em mente que levamos anos para destruir nosso corpo, então devemos ter paciência e dedicação para aprendermos a cuidar dele de forma correta, para aprendermos a trabalhar com essa essência que possuímos dentro de nós e que não nos ensinaram a usar chamada Energia e como brinde ganhamos o bônus de conhecer e apreciar mais profundamente os benefícios da filosofia Taoísta.

Obrigada do fundo do coração Profº Tsai, Profª Flavia e amigos do Centro Taoísta de Cultivo à Longevidade.

17/09/2016  Andreia Amaral

E-Mail: aasquimika@yahoo.com.br

http://www.centrotaoista.com.br

INTESTINO PRESO, INSÔNIA, MÁ DIGESTÃO, DESEQUILÍBRIO HORMONAL, ACNE, FRAQUEZA, CANSAÇO, DORES DE CABEÇA, DESÂNIMO, TRISTEZA, PENSAMENTO NEGATIVO, DOR NAS COSTAS, PÉS E CORPO FRIOS, MENSTRUAÇÃO IRREGULAR E ETC.

beatriz_ok
Sou muito grata aos ensinamentos do Professor Tsai.  Os treinos de energia e a meditação se tornaram partes fundamentais do meu dia. Junto com a acupuntura, estes me deram sustentação para me libertar e curar.
A vida me encaminhou ao Prof. Tsai no momento em que mais estive mal. Tinha intestino preso, insônia, má digestão e desequilíbrios hormonais( isto por tomar remédios muito fortes para acne) e, por isso, não menstruei por quase um ano, extremamente magra, fraqueza, cansaço, dores de cabeça, desânimo, tristeza, pensamentos ruins, confusos e repetitivos, chorava quase todo o dia, muita dor nas costas e postura errada, pés e corpo muito frios…
Até que comecei a fazer acupuntura e a postura da árvore. A primeira diferença que notei foi que meu intestino  (o qual antes só funcionava a base de laxantes) passou a funcionar como um relógio. E, também, durante e após as sessões de acupuntura, eu sentia um relaxamento muito grande e um certo esvaziamento da minha mente, os quais foram ficando cada vez mais duradouros. Meu sono também mudou muito: passou a ser tranquilo, profundo e longo ( também passei a cair no sono muito mais facilmente).
Com o tempo e paciência, a verdade brotou em mim, e passei a ver certas situações com mais clareza. Comecei a entender  cada vez mais a importância de simplesmente  entregar e deixar que as coisas aconteçam e se harmonizem com a natureza. Encontrei o amor, o perdão e a gratidão em mim. Aprendi a reconhecer e não entrar na energia do outro, a economizar e cuidar da minha própria energia, o que para mim foi extremamente importante. Passei a entrar em contato com a minha essência, e percebi o quanto eu merecia ser feliz.
A partir daí, minha prática se tornou constante e cada vez mais profunda. E os benefícios são cada vez maiores. Com esse realinhamento energético, encontrei meu eixo interior e, consequentemente, minha postura se alinhou também e minhas dores nas costas sumiram ( ou, se um bloqueio aparece, hoje já consigo rapidamente desbloqueá-lo). Meus pés e corpo se tornaram mais quentes e meu peso voltou ao ideal. Voltei recentemente a menstruar e, pela primeira vez, meus ciclos foram regulados e a perda de sangue e os incômodos da menstruação não foram tão grandes. Minha pele tem se mantido boa sem a necessidade de remédios. Não tenho mais dores de cabeça ( ou, se uma ameaça, rapidamente já coloco o peso para baixo e passa).
Sinto minha base se fortalecer cada vez mais e uma conexão cada vez mais profunda. Toda a tristeza que eu sentia antes foi embora. Minha mente se libertou das idéias repetitivas e todos os dias eu a preencho com pensamentos positivos e luz. Faz meses que não sinto vontade de chorar. Voltei a rir de verdade. Não me sinto mais stressada, e sim calma, descansada, com animo  e com as idéias claras e limpas. Isso porque, ao suavemente recolher e, assim, retornar ao meu interior, passei a entrar em contato com essa energia indescritível e eterna, atuante dentro e fora de mim, e lá encontrei a paz.
 Enfim, nunca me senti tão bem e reconheço o quão preciosas são as lições que aprendi com as experiências que passei.
Os ensinamentos do Tao  (repassados pela minha mãe) passaram a me orientar nas vivências diárias. A importância de encontrar o caminho do meio, da flexibilidade, constância, humildade, entrega, suavidade e simplicidade me fazem diariamente repensar minhas atitudes e trabalhar para minha melhora interior.
Esse contato que tenho tido com a acupuntura, os ensinamentos do Tao, os treinos de energia  (Tai Chi, Chi Kung  e Tui Sou ), a prática da meditação taoista e medicina tradicional chinesa me revelaram meu caminho.
Sei que estou apenas no começo. E que ainda não aprendi nem um milésimo do que tenho a aprender. Mas também sei, com o meu coração, que seguirei o Tao por toda minha vida.
 
 
 
16/09/2016  Bheatriz Rodriguez Richieri
Intestino preso, insônia, má digestão, desquilíbrio hormonal, acne, fraqueza, cansaço, dores de cabeça, desânimo, triteza, pensamento negativo, dor nas costas, pés e corpo frios, menstruação irregular e etc.

Acupuntura, Tai Chi, Friorenta, insônia,equilíbrio físico e mental, etc.

DSC06850

No primeiro contato com o prof Tsai, apesar de não ter uma perda importante da saúde, sabia que não gozava de um grande vigor físico e nem tinha o equilíbrio emocional que desejava.

Já havia tentado praticar corridas, porém nunca conseguia dar continuidade – aparecia algum problema de saúde que impedia. Agora entendo o porquê. Não era natural. Aprendi que tudo na vida deve ser natural e, na meia idade que me encontro, a perda de energia é maior que na juventude. Devemos, pois aprender a economizar e não desperdiçar energia.

Tenho a convicção de que os exercícios de tai chi e meditação podem proporcionar saúde duradoura, além de ter o “poder de cura” para vários desequilíbrios físicos e emocionais. Para isso, o treino diário é essencial. Nunca mais peguei gripe ou resfriado e quando aparece uma dor aqui ou ali, sinto que a capacidade de recuperação é mais rápida.

Experimentei umas poucas sessões de acupuntura também e observei uma melhoria na qualidade do sono e na circulação periférica (antes, no inverno a sensação de frio era muito intensa).

Poderia continuar com as sessões de acupuntura porém, entendi que com a constância nas aulas de tai chi e meditação e treinos em casa, poderia manter a minha saúde.

Acredito que nesses poucos anos de convívio, o aprendizado tem sido enorme. E, alguns têm sido meus lemas diários, como:

  1. Não ter pressa; tudo no seu devido tempo;
  1. Respeitar o momento do outro, bem como as suas escolhas;
  1. Fortalecer a base, ter um bom alicerce, como as raízes de uma árvore;
  1. Refletir em cada situação indesejada com sinceridade, humildade e bom coração;
  1. Treinar o desapego;
  1. Respeitar e ter gratidão pela mãe natureza;
  1. A constância leva à perfeição, ao verdadeiro.

Os exercícios de tai chi e meditação são um aprimoramento do nosso coração e da nossa alma. E, de fato, muitas pessoas de meu convívio, relatam uma maior tranquilidade e serenidade nas minhas atitudes. Houve uma época que tinha muita pressa e ansiedade para tudo. Agora, bem menos.

Não tenho dúvida que o nosso corpo tem capacidade de cura infinita, mas para isso, teremos que ter merecimento. O professor Tsai compartilha semanalmente os seus conhecimentos, nos ensinando o verdadeiro caminho do TAO. Cabe a nós retribuirmos essa dedicação, esse amor ao próximo, mantendo a constância nos treinos e compartilhando a outros essas experiências e conhecimentos.

Ao professor, expresso a minha profunda gratidão por tantas oportunidades de aprendizado.

 

16/04/2016  Iracema Ioco Kikuchi Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

http://www.centrotaoista.com.br/