FORTE DOR DA CABEÇA, ENXAQUECA, INSÔNIA E ETC.

SilvanaOK

Silvan & Wilson

Somente quem convive com DOR, vai dar atenção a este depoimento…

Sempre convivi com dor de cabeça, constantemente, forte ou fraca… Sempre tomando remédio, até perceber que os remédios não aliviavam. Então, eu não tomava mais o remédio. Aceitava a dor!
Comentava com os médicos, na esperança de um alívio, e não querendo ouvir que eu estava com algo grave! (Que é o que eles dão a entender… Que você quer o diagnóstico de algo sério, pra chamar a atenção!) Mas, nenhum médico dá a devida importância!!! Alguns dão risada! Dizendo que o médico que descobrir a cura pra dor de cabeça vai ficar rico!!!
Em Novembro de 2016, as dores vinham aumentando, a ponto do desespero! Não tenho empregada, tenho duas filhas… Dizem que para enxaqueca você deve deitar em quarto escuro… o que é impossível.
A dor só piorava, estava acordando de madrugada com muita dor desde a testa até a nuca, deitada, dormindo!
Pensava que era coluna… enfim…
Chegou um dia, em que eu já ia me jogar em um pronto socorro e sei lá, me internar…
Meu marido já havia conhecido o Centro Tauista, uns 5 anos antes. Por causa principalmente de sua coluna também, e de outros sintomas… E já estava bravo, pois eu tinha medo de ir…
Decidi, naquele dia desesperador, em que eu não parava de chorar de dor…
Dr. Tony Tsai me atendeu, pediu para repousar o restante daquele dia. Naquela tarde, sentia como se estivesse de ressaca, apenas pesada, cansada. Consegui dormir assim que cheguei em casa, o que é bem difícil… e no dia seguinte: O inacreditável!!! Amanheci SEM DOR!!!
A surpresa é tão grande! a gratidão!… Saí fazendo propaganda aos amigos e familiares… Mas as pessoas relutam um pouco em ouvir sugestões de amigos… Somente quem convive com a dor, entende!
Não deixe o seu estado piorar! A qualidade de vida sem dor, é muito melhor…
Ahhh o Chá dele também é ótimo! Bom, eu sempre gostei de chá.
Meus caros, eu espero ter transmitido minha experiência! Fiquem com Deus!
Atenciosamente,
24/04/2017    Silvana de Melo Gondolfo
37 anos, Casada, 2 filhas, Moradora do bairro de Perdizes.SP