2nd Meeting: Part. 3/3 Prof. Tsai talks about Fibromyalgia in energetic level

3_3tsai

2° Encontro de Energia e Saúde:

Parte 3/3 Prof. Tsai fala de Fibromialgia a nível energético

2nd Meeting to talk about health and energy:

Part. 3/3 Prof. Tsai talks about Fibromyalgia in energetic level

Prof. Tsai talks about Fibromyalgia and the differential of its treatment at the energy level

The original language is portuguese but english captions are available on Youtube.
To turn ON Translate Captions (CC) on YouTube videos.
click on the (CC) button located at lower right corner and select ON and then select translate captions.
A list of languages will appear in the middle of screen, scroll down the list and select ENGLISH or others LANGUAGES THAT ARE AVAILABLE.

   http://www.centrotaoista.com.br

2nd Meeting: Kinjiro Part. 1/4 shares his experience treating extra systole and abdominal discomfort during the night.

kinjiro01

2nd Meeting to talk about health and energy:

Kinjiro Taoist Center’s oldest, veteram student shares his 12-year experience in energy training and how this practice helped him cope with stress, anxiety, high blood pressure, extra systole problems that constitute sudden changes in the heartbeat rhythm that can trigger palpitations, arrhythmia which caused him much discomfort during the night.

 http://www.centrotaoista.com.br

 

The original language is portuguese but english captions are available on Youtube.
To turn ON Translate Captions (CC) on YouTube videos.
click on the (CC) button located at lower right corner and select ON and then select translate captions.
A list of languages will appear in the middle of screen, scroll down the list and select ENGLISH or others LANGUAGES THAT ARE AVAILABLE.

 

 

 

 

 

Kinjiro’s testimony (English Subtitles)

kinjiro

Kinjiro Sekiguchi

E-Mail: kinjiro2003@globo.com

http://www.centrotaoista.com.br

E-Mail: contato@centrotaoista.com.br

fb

 https://www.facebook.com/groups/153687085351132/

 

Flavia’s testimony with Professor Tsai Shien Jong – part 1 ( English Subtitle)

flavia 01

Flávia Lucato Castardelli

E-Mail: flavia_lucato@yahoo.com.br

http://www.centrotaoista.com.br

E-Mail: contato@centrotaoista.com.br

 

Relato do Tao Te Ching . Capítulo 74 . Aula de Tai Chi – 09/01/2016

62

Capítulo 74 – Vida e Morte

Governar e dirigir uma nação requer sabedoria e tranquilidade.

Um líder nato e bom deve ser o primeiro a seguir as regras para servir de exemplo. Assim, todos se espelham e assemelharão a ele. O que é bom para ele, é bom para todos, logo há prosperidade.

De acordo com as leis declaradas para manter a ordem e a governança de um país, a punição deve ser aplicada aos homens maus com a finalidade de preservar os bons promovendo o crescimento e desenvolvimento de um país. Mas, a falta de conduta de alguns e a não conformidade com as leis geram caos , descontrole e rebelião entre povo e governantes.

Condenar o povo às regras duras provoca insensatez e frustração. O sentimento de incompetência esgota o ser humano a ponto de não se importar mais com valores, leis, bens materiais, família, pessoas ao seu redor e até com a própria vida! Isto explica a situação e os movimentos pelos quais bons países estão passando.

Somente o TAO possui o encargo de dar a vida e de matar sem interferir o curso natural de todas as coisas.

Tentar controlar o curso da vida é como tomar o lugar de um esmero lenhador usando seu machado para derrubar um tronco de árvore. Cuidado! Ao manejar a ferramenta sem conhecimento, poderá se ferir!

Por coincidência, o fonema em chinês dos números 74 lembra “sentença sobre a vida e morte”. É bipolar e reflexivo!

“Forçar a barra”, conduzir e interferir na prática da meditação para alcançar o resultado imediato, é provocar e matar a chance de Ser Natural!

Observe e contemple a Natureza: um brotinho se torna uma árvore majestosa somente com luz do sol, terra e a água que vem das chuvas. Outro exemplo: o bebê passa 09 meses conectado naturalmente à mãe. Depois do nascimento, quando é “desconectado”, cresce e vive de acordo com modelo e crenças que o homem criou.

(*) Com o passar do tempo, fica igual à uma fruta que caiu do galho de uma árvore… No chão permanece até virar passas, ser devorado por um animal OU aprender a se reconectar e permanecer bem preso à árvore.

Com muita sorte e até com a ajuda do destino, o “Ser de Luz” encontra o Centro Taoísta para se tratar e por algum tempo, se mantém disciplinado até que esquece da dor. Prof. Tsai sempre avisa seus pacientes: “Olha…cuidado senão, volta tudo e pior!”

Opa, o “Estou me achando” já melhorou e gasta até a energia que não tem de sobra (ficou no vermelho)! Volte ao parágrafo de cima (*): já viu esse filme, né? Pois é, eu também assisti! Mas, aprendi a lição!

Na prática de energia, todos nós do grupo, percebemos o quanto devemos agir naturalmente para que o ganho de energia seja feita de forma gradativa e constante. Saber usar e dosar com sabedoria é melhor ainda!

Praticar Tai Chi é se deixar levar ao sabor:
• da “onda que vai” e ”onda que volta”,
• do “receber e doar”,
• do manter-se “leve como pluma ao vento” e ”forte como a raiz de uma árvore”
• de exercitar o “recolhimento e expansão”.

Mantendo o seu saldo positivo de Energia, a Essência unida ao Espírito o manterá sempre com longeVIDAde = LONGEvo , joVIal , sauDAvel e DEdicado ao TAO!

 

13/01/2016   Marcela Kwong

E-Mail: marcela_kwong@uol.com.br

http://www.centrotaoista.com.br

_________________________________________________________________

 

Um governo não consegue intimidar o seu povo utilizando a morte;
Pelo contrário, utilizando a força, o povo se rebela e perde-se o respeito e a harmonia.
Quando age pela “não ação”, deixando o seu povo livre, no silencio, um grito de morte se faz ouvir e entender rapidamente.
O governo que deixa o seu povo viver naturalmente não tem nada a temer.
Um governo que foge do seu natural e percorre caminhos contrários ao do Tao, colhe frutos da insegurança, descontentamento e desarmonia, aos quais estamos vivemos.
Não queiramos fazer o que não fomos preparados.
O lenhador utiliza de forma muito eficaz o seu machado, porém, pode ser algo perigoso para alguém que não está capacitado para o seu uso.
Respeitemos a nossa natureza. Respeitemos o nosso limite.
Acrescento que, a natureza não fez o ser humano com asas, com nadadeiras, com quatro patas. Isto significa que não fomos feitos para voar como os pássaros, nadar como os peixes e correr como os leopardos. No entanto, utilizando a inteligência que nos foi presenteada, o ser humano tem conseguido ultrapassar os limites de sua natureza física. Essas conquistas não causariam problema se não fosse o egocentrismo e a supervalorização da matéria e do poder.
Pela prática de tai chi e meditação, com humildade, sinceridade e bom coração, busquemos encontrar a nossa verdadeira natureza, o verdadeiro caminho do Tao, com equilíbrio, energia e muita saúde.
Prof. Tsai, agradecemos por compartilhar tanto conhecimento conosco.

 

10/01/2016  Iracema Ioco Kikuchi Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

*Texto elaborado por aluna Iracema Ioco Kikuchi Umeda.

http://www.centrotaoista.com.br

melhora na minha acuidade visual ( catarata).

catarata[large]tue-shou

Eu pratico treino de Tai Chi Chuan desde 2006, e ao longo do tempo tenho sentido vários benefícios que essa prática tem proporcionado à  minha saúde.

Gostaria de compartilhar um fato que ocorreu na semana passada.

Eu e a minha esposa temos feito exames oftalmológicos de rotina, anualmente, numa boa clínica oftalmológica, normalmente com o oftalmologista de nossa preferência.    Na semana passada, entretanto, fomos atendidos por um outro oftalmologista, pois o nosso estava de férias.

Ao examinar a minha ficha, após analisar o meu histórico, entre outras coisas ele observou que eu já tinha catarata (opacidade do cristalino, que faz a gente enxergar as coisas meio embaçada) há algum tempo, e que estava piorando ao longo do tempo, e que nessa progressão provavelmente eu teria que fazer cirurgia de catarata em breve.   Disse que a acuidade visual de uma pessoa sem catarata tem índice 1,0 (ou 100% ou 20/20) e que no meu caso estava com índice 0,7.

Em seguida fez teste da minha acuidade visual, e para surpresa nossa, mais dele do que a minha, constatou que a minha acuidade visual atual era 1,0 (ou 100% ou 20/20).  Ele disse que tinha que refazer o teste, e ao refazê-lo, deu novamente índice 1,0.  Ele disse que nunca havia visto acontecer isso, e a conclusão dele era que o médico anterior tinha cometido erro de anotação.  Fiquei em dúvida.

Depois disso foi a vez da minha esposa.   Ela também já tinha catarata, só que estava em situação melhor que a minha.   Ao fazer o teste agora, o índice dela deu pior do que o índice medido anteriormente.

Assim concluí que as anotações que o médico anterior tinha feito, provavelmente, não estavam erradas, e que a melhora na minha acuidade visual provavelmente se deve a prática de Tai Chi Chuan.

08/11/2015   Kinjiro Sekiguchi

E-Mail: kinjiro2003@globo.com

Ver outros depoimentos:

http://www.centrotaoista.com.br/depoimentos-acupuntura