Relato do Tao Te Ching . Capítulo 75 . Aula de Tai Chi – 16/01/2016

oitoimortais2

Relato de Tao Te Ching capítulo 75 Valorização da Vida – Aula de Tai Chi de 16/01/16

Neste capítulo Lao Tze, através da descrição das condições difíceis da vida da sociedade dessa época e da difícil relação do povo com o governante, transmite seus ensinamentos.

-Por que o homem passa fome ? É porque os governantes cobram impostos do povo em demasia.
-Quando o povo é difícil de governar, é porque o governante age intencionalmente, com egoísmo, só pensando na sua ambição e no seu bem estar, sem ouvir as necessidades do povo.

O Prof. Tsai ressaltou que normalmente o governante acostuma pensar que o povo está difícil de ser governado porque o povo é ruim, que não trabalha e não produz o suficiente, mas que olhando do ponto de vista Taoista é sempre o inverso. Para isso é preciso assentar, acalmar e decantar tudo que nos incomoda, tais como, ambição, apego às coisas, medo, ego, etc e sincronizar com a energia. Só assim conseguimos enxergar a realidade.

-O povo não dá mais importância para viver, porque o governante exige do povo vida de excessos (de trabalho, de exercícios físicos, de exigência de cumprimento de metas, etc), só para atender os desejos do governante (seus sonhos, suas ambições de poder e riqueza, aumentar o seu bem estar, etc).

Aqui, substituindo o “povo” pelo “corpo físico” de uma pessoa, e o “governante” pela “mente” dessa pessoa, observamos que o excesso de trabalho do corpo físico exigido pela ambição da mente dessa pessoa pode levar essa pessoa a ficar doente e levar à morte.
O Prof. Tsai disse que porisso, se a pessoa busca só bens materiais, poder e riqueza, e desprezar a essência do viver levará à perda de sincronismo com a energia.

-Assim apenas as pessoas que realmente conhecem a essência do viver (sincronização com a energia) vai perceber que isso é muito mais valioso que bens materiais.

O Prof. Tsai disse: Por quê se matar tanto de trabalhar para conseguir mais bens materiais, se vai acabar pagando muito mais caro com doença, com a morte ? É isso que vai acontecer se estiver sincronizado com bens materiais em vez de estar sincronizado com a energia.

O Prof. Tsai falou sobre o sincronismo com a energia, e deu um “puxão nas orelhas” dos antigos alunos (como no meu caso), e disse: se você acha que ainda não está indo bem no trabalho ou está tendo algum problema de saúde, é porque você deixou de estar sincronizado com a energia.
Queria agradecer mais uma vez ao Prof. Tsai por esse “puxão nas orelhas”, pois nos últimos meses acho que estava perdendo sincronismo, e agora acho que me clareou como resolver, e após muita reflexão, agora acho que voltei a sincronizar.

27/01/2016   Kinjiro Sekiguchi

E-Mail: kinjiro2003@globo.com

 

______________________________________________________

Capítulo 75

 

Valorização da Vida

 

Na época em que Lao-Tsé escreveu o TAO TE CHING, o país (China) era assolado por uma grave crise. O professor Tsai revela, inclusive, que as pessoas se devoravam por conta da falta de alimentos. Um canibalismo provocado pela ambição; resultado da ação de governantes inescrupulosos que cobravam altos impostos.

 

No capítulo, Lao-Tsé aborda o sofrimento do povo, que é explorado pelos próprios governantes. A queixa e a revolta são inevitáveis, porque os governantes não dão condições dignas de vida aos liderados. Instala-se o caos. O povo passa a não temer a morte; há um verdadeiro fastio da existência.

 

A leitura traz a reflexão de que tudo o que ocorre externamente é mero reflexo do que ocorre internamente. Reconhecer o sincronismo é essencial para vivenciar o TAO. As pessoas só conhecem a essência da vida quando passam a não depender tanto do material. Quando estamos alinhados à prática de energia, a vida interior é mais compensadora do que os bens materiais transitórios.

22/01/2016 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

http://www.centrotaoista.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s