INFECÇÕES URINÁRIAS, CISTITE, SÍNDROME DO PÂNICO, DORES CERVICAIS, BRUXISMO, ENXAQUECA E ETC.

falvia

Eu conheci o Centro Taoísta e o Professor Tsai um ano atrás, quando eu sofria com muitas dores cervicais e enxaquecas. Sou bailarina e professora de pilates, e carregava comigo a ilusão de já ter conhecimentos suficientes sobre o corpo. Na época eu estava num projeto de dança bastante agressivo, e o Professor Tsai me alertou que no começo seria difícil, mas que eu precisava ser persistente para passar a fase inicial do tratamento e depois melhorar. A dor e o cansaço que eu sentia eram sinais do quanto a minha energia não estava bem. Mas eu não estava aberta para aprender, não conseguia entender o que era essa energia, e desisti.

Um ano depois, eu tive uma série de infecções urinárias. Foram três meses de antibióticos, até que se esgotaram as opções de remédios disponíveis no mercado, e meu corpo ainda não tinha reagido. Junto com as infecções, vieram crises de pânico muito difíceis. Eu tinha muito medo de ter alguma doença séria, e tudo isso estava me atrapalhando demais para viver normalmente. Até que um dia eu faltei ao trabalho e fui para casa da minha mãe, chorando, pedir ajuda. Ela (que já segue o caminho do Tao há algum tempo) me levou de volta ao Professor Tsai.

Na primeira sessão eu senti muita dor, chorei muito, e adormeci. Segui na acupuntura duas vezes por semana, e fui sentindo o progresso. Dessa vez eu estava muito mais disponível para o tratamento, e comecei enfim a melhorar. Há pouco tempo iniciei também a prática do Tai Chi e a meditação, e eu já posso sentir os benefícios mesmo nesses primeiros passos. Estou sem remédios, e não tive mais nenhuma crise de pânico. Consigo relaxar durante as sessões de acupuntura, sinto necessidade de praticar o Tai Chi – porque me traz bem estar – e não tenho mais as dores cervicais nem as enxaquecas que eu sentia um ano atrás.

Tem vezes que as sessões são um pouco mais doloridas, e outras menos. Isso faz parte do processo. Esse caminho faz muito mais sentido do que camuflar qualquer dor imediatamente com um remédio. É difícil se desprender dessa cultura imediatista em que somos criados, mas enfrentar a dor é um caminho para a cura. Esconder a dor, não.

Eu me sinto muito grata ao Professor Tsai, por estar me mostrando esse caminho. Sinto que a minha dança, meu trabalho, meu corpo, tudo irá se transformar e progredir muito agora que essa porta se abriu. Um ano atrás, quando eu desisti do tratamento, eu estava com a mente muito cheia de “verdades absolutas”, e para caber novas lições a gente precisa ter algum espaço vazio (e o coração aberto para receber).

Estou encontrando uma nova maneira de me relacionar com o corpo, em busca de um equilíbrio energético que nenhum livro de anatomia ocidental iria me apresentar, e me sinto muito feliz iniciando essa busca.

Muito muito muito obrigada, de coração.

 
 
 

 

English version:

URINARY TRACT INFECTIONS, CYSTITIS, PANIC DISORDER, CERVICAL PAINS, BRUXISM, MIGRAINE AND ETC.

I met Taoist Center and Professor Tsai a year ago, when I suffered from many cervical and migraines. I am a dancer and Pilates teacher, and carried with me the illusion already have enough knowledge about the body. At the time I was in a very aggressive dance project, and Professor Tsai warned me that it would be difficult at first, but I had to be persistent to get past the initial phase of treatment and then improve. Pain and fatigue that I felt were signs of how my energy was not right. But I was not open to learning, I could not understand what it was that energy, and gave up.
 
A year later, I had a number of urinary infections. There were three months of antibiotics until they exhausted the remedies available options in the market, and my body had not yet reacted. Along with the infections came very difficult panic attacks. I was really afraid of having a serious illness, and all this was too disturbing me to live normally. Until one day I missed the work and went to my mother’s house, crying for help. She (it already follows the path of Tao for some time) took me back to Professor Tsai.
 
In the first session I felt a lot of pain, I cried a lot, and fell asleep. Followed in acupuncture twice a week, and I was feeling progress. This time I was much more available for treatment, and finally began to improve. Recently also started the practice of Tai Chi and meditation, and I can already feel the benefits even in these early stages. I am without medicine, and no longer had any panic attack. I can relax during acupuncture sessions, I need to practice Tai Chi – because it brings me well-being – and I do not have cervical pain or migraines I felt a year ago.
 
There are times when the sessions are a little sore, and others less. This is part of the process. This path makes much more sense than camouflage any pain immediately with a remedy. It’s hard to give off this immediacy culture in which we are created, but face the pain is a path to healing. Hide the pain, not.
 
I feel very grateful to Professor Tsai, to be showing me this way. I feel that my dance, my job, my body, everything will change and progress much now that this door opened. A year ago, when I gave up the treatment, it was very mind full of “absolute truths”, and to fit new lessons we need to have some empty space (and an open heart to receive).
 
I’m finding a new way to relate to the body in search of an energy balance that no Western anatomy book would present me, and I feel very happy starting this quest.

 

 
Very much thank you from the heart.

 

See other testimonials:

http://www.centrotaoista.com.br/depoimentos-acupuntura

 

cistite

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s