Relato do Tao Te Ching . Capítulo 66. Aula de Tai Chi – 03/10/2015

62

Grande Rio

O grande rio é o rei de todos os vales porque está posicionado abaixo. O santo (praticante de energia) precisa se abaixar; precisa buscar a constância do TAO humildemente. Reflete em cada treino e mantém esse percurso por toda a vida. Se um santo for guiar o povo, tem que entender que deve estar abaixo (ser humilde servidor). Trocar ideias; estar junto. Um bom governante não pensa que já sabe o suficiente…diferente do mau governante que quer estar à frente do povo, ser maior e mais importante. Um bom coração jamais machuca as pessoas – lembra o professor Tsai.

 

O povo não cansa do governante que é sábio; esse governante não busca a disputa, não se cansa e compreende tudo através do TAO.

 

22/01/2016 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

http://www.centrotaoista.com.br

______________________________________________________

O Grande Rio (ou Mar)

Os mares e rios são como reis para todos os vales, pois estão em posição inferior a eles (embaixo) e fazem seu nobre trabalho com satisfação.

Se o sábio ou Santo deseja governar o povo ele deve estar junto ao povo. Ele não deve se colocar acima do povo. Dessa forma, servindo ao povo com humildade, ele automaticamente é escolhido pelo próprio povo como um verdadeiro líder e governante.

Governando assim, ele espontaneamente se encontra acima do povo, mas sem pesar sobre ele, ao contrário do que ocorre nos dias de hoje, quando o povo sempre acaba arcando com as mazelas do governo.

O sábio quando governa jamais onera o povo.

08/10/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

—————————————————————————————————————————

CAPITULO 66.

O grande rio é muito forte porque ao chegar ao fundo do vale acumulou toda a energia de potencial da descida.

Para ser reconhecido o soberano deve colocar-se ao nível dos súditos, pois é onde sua sabedoria e superioridade transparece.

Assim poderá ser seguido com louvores.    Como seu Ego não os oprimi, seus súditos o reconhecem como superior.

Não sofre oposição porque não se impõe,o que mantém o equilíbrio, o TAO.

Fazendo um paralelo do texto para o nosso Tai Chi.

Com a devida constância o praticante do Tao se torna  muito forte porque acumula toda energia da caminhada.

Para ser forte é necessário reconhecer sua fraqueza e dar o pontapé inicial.

Com a devida dedicação e persistência seu corpo se fortalece, seu espírito se acalma, logo seu Ego se alinha e não o expõe.

Se não se descuidar e manter a constância, sua saúde e equilíbrio energético serão mantidos, logo não sofreras os revezes do clima e as atrocidades ao seu redor serão minimizadas e não o desequilibrará.

10/10/2015 Benedito Breve

E-Mail: breve.b@gmail.com

*Texto elaborado por aluno: Benedito Breve

http://www.centrotaoista.com.br

Anúncios

Um comentário sobre “Relato do Tao Te Ching . Capítulo 66. Aula de Tai Chi – 03/10/2015

  1. Pingback: Relato do Tao Te Ching . Capítulo 66. Aula de Tai Chi – 03/10/2015 | Centro Taoísta de Cultivo da Longevidade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s