Relato do Tao Te Ching . Capítulo 69. Aula de Tai Chi – 24/10/2015

P1050166

Capítulo 69

Livros como A arte da guerra valorizam uma posição ativa diante da vida; defendem que o ser humano deve tomar a iniciativa.  Ao contrário, o capítulo 69 nos fala que para “vencer” devemos ser receptivos; eu não posso evitar o ataque, mas posso me desviar; em vez de avançar um milímetro posso me desviar um milímetro. A lição extraída deste capítulo é a não ação; é a valorização de uma postura mais receptiva – como o próprio tai chi, que utiliza a força da agressão para desviar-se dela.

 

Na guerra, o sentimento de vaidade dos oponentes se revela como um dos principais erros. A vaidade nos faz perder o principal tesouro: o eixo. No treino de energia, o TAO nos mostra a importância do equilíbrio. Sem usar armas, sem desprezar o “inimigo”, sem avançar para lutar, sem perder o tesouro. Uma bela alegoria de como devemos levar a vida…

 

22/01/2016 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

http://www.centrotaoista.com.br

 

______________________________________________________

Arte da Guerra

Os livros que falam de estratégias e arte da guerra nos ensinam que durante uma guerra devemos tomar uma posição mais passiva em relação à outra parte. Isso significa que o sábio quando se vê em uma situação de guerra ele evita tomar a iniciativa, não se tornando o “anfitrião” do embate.

Nestas condições, o seguidor do Tao se porta como receptor, pois ele sabe que é preferível retroceder o tamanho de um pé do que avançar o tamanho de um dedo.

O sábio não ataca nem toma a iniciativa, aguardando o momento certo de se defender, sendo maleável e receptivo como a água.

Desta maneira segue sempre vitorioso.

Um exemplo disso foi a vitória do Viet Nam sobre os Estados Unidos, nos anos 70, na Guerra do Viet Nam.

Para o praticante do Tao, o maior erro consiste em se achar superior e desprezar o adversário, tomando uma posição de superioridade e arrogância sobre ele.

O Tao nos ensina a sermos humildes neste caso, se não quisermos ser derrotados.

A história nos ensina que os vencedores sempre foram aqueles que não tiveram intenção de atacar, pois o tirano sempre cai. Exemplo: o Império Romano.

Quem ataca sempre perece no fim das contas.

11/11/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

—————————————————————————————————————————

Cap 69

 

Na guerra, não tomar a iniciativa, não avançar ou forçar agressão e, sim ; recuar e permanecer em postura defensiva. Ao ser agredido, assimilar o movimento e trazê-lo de volta, deixando que a força do atacante retorne para si próprio.

 

O atacante não encontrará o inimigo,  braço  ou  arma, pois  quem se encontra na posição da   ” não ação ” está  em união consigo mesmo e com  o Universo,  recuando e desviando do opressor.

 

Assim, também, a prática do tai-chi nos ensina a desenvolver uma ” relação circular”  com a vida. Acompanhar  ou conduzir  a si mesmo  e aos outros, 

movimentar  com leveza e suavidade mantendo- se receptivo,  soltar bloqueios,  deixar fluir,  evitar a força e o confronto,  desviar  de situações que  possam drenar energia.

 

Tanto na prática como na vida manter   o ” eixo ” é fundamental . Estar conectado consigo mesmo e com o Universo nos abre várias possibilidades e nos leva  à conquista das três virtudes: essência, energia e espírito.

 

A citação deste capítulo juntamente com a prática do tai-chi nos leva a pensar que a paz começa dentro de nós. E podemos simplesmente iniciar pela

qualidade dos pensamentos.  Evitar negatividades na mente e manter pensamentos positivos , leves e serenos ajudam a manter  a integridade energética. 

 

Praticar a serenidade e tranquilidade, mas também a delicadeza  e leveza nas palavras e atitudes do dia-a-dia podem gerar mudanças e novas escolhas.  O contrário, ou seja, a agressão e a força, fecham as portas da comunicação e da paz.

 

Muitas circunstâncias são resolvidas ou até desviadas ao buscarmos nosso verdadeiro ” eixo”, evitando  o desgaste e poupando a energia vital.

 

Lembremos de ter bom  coração e de  nos manter humildes ,  percorrendo o caminho e apreciando cada degrau. Vamos regando a nossa ” raiz”  na medida certa, sem pressa, mas  de forma constante.

 

 Nada fazemos com o conhecimento se não houver a prática.

 

Nos tornamos aquilo que praticamos.

 

E assim como o Tao  nos ensina: melhorar a energia para que possamos viver melhor promovendo a paz.

 

          

       

29/10/2015 Kátia Rodriguez Richieri

E-Mail: katia@richieri.com.br

*Texto elaborado por aluna: Kátia Rodriguez Richieri

http://www.centrotaoista.com.br

Relato do Tao Te Ching . Capítulo 68. Aula de Tai Chi – 17/10/2015

tueshou

Capítulo 68: “Não Disputar, Não Brigar”

Este capítulo ensina-nos sobre a importância de mantermos alinhados sempre, através da prática diária e constante de energia.

O mundo está se tornando cada vez mais violento, e quando menos se espera podemos estar envolvido no meio de uma confusão, de trânsito, por exemplo.

Estando alinhado, seremos capazes de evitar partir para agressão caso seja provocado, e se for agredido, seremos capazes de nos defender e vencer sem confrontar o agressor.
Nesse caso, é importante vencer o agressor sem confrontá-lo, e muito menos humilhá-lo, mantendo atitude humilde, para evitar a retaliação do mesmo. E isso só se consegue se estivermos alinhado.

Este capítulo fez me lembrar que, para quem treina o “Tue Shou”, o Tai Chi Chuan como arte marcial (Push Hands), o ensinamento básico é praticar a luta alinhado, escutar o chi pelo contato, e vencer o oponente sem confrontá-lo, aproveitando a iniciativa de ataque do mesmo, usando a força do oponente contra ele mesmo e, como diz o Professor Tsai, vencer com graça e elegância.

 

23/10/2015   Kinjiro Sekiguchi

E-Mail:kinjiro2003@globo.com

*Texto elaborado por aluno: Kinjiro Sekiguchi

http://www.centrotaoista.com.br

————————————————————————————————————————

tao41

Capítulo 68

Os capítulos do Tao Te Ching, para os praticantes de Tai chi / meditação, sempre nos leva à reflexão dos ensinamentos adquiridos aos sábados.

Neste capítulo novamente Lao Tse nos mostra a importância de se obter a virtude  de forma natural.

O verdadeiro caminho do Tao foi descrito há milênios e é uma verdade até nos dias de hoje.

O verdadeiro guerreiro não precisa de armas, não precisa guerrear. O vitorioso não precisa combater, confrontar, intervir. Com sabedoria, permanece em posição de humildade e age pela não ação.  Com atitudes de humildade, se coloca em posição de inferioridade e impõe o seu valor (superioridade). Os obstáculos de nossa vida são verdadeiras oportunidades para o treino de nossa humildade. Respeitemos com humildade e sabedoria as nossas dificuldades e a dos outros – serão as ferramentas para o nosso crescimento futuro.

Os exercícios em dupla de “Tui Shou” ( Push hands) é um treinamento para fortalecimento das bases, de nossas dificuldades (bloqueios energéticos) e essencial para aprendermos a nos relacionar com os outros. Quanto mais natural melhor. Devemos ter leveza, sutileza e respeito para acompanhar o parceiro. Ora acompanhar, ora conduzir. Assim é o curso da vida. Quanto antes aprendermos (e apreendermos) esse conceito mais leve lhe parecerá a vida.

A meditação também deve ser realizada pela não ação, deixando apenas a natureza agir.  Com um coração humilde, deve-se praticar com constância, sinceridade, bom coração e sem pressa para obter a nossa evolução.

A constância dessas práticas se revela nas nossas atitudes e nos acontecimentos ao redor de nosso dia-a-dia e é um passaporte para uma vida mais saudável, mais serena e mais feliz.

22/10/2015  Iracema Ioco Kikuchi Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

*Texto elaborado por aluna Iracema Ioco Kikuchi Umeda.

http://www.centrotaoista.com.br

Relato do Tao Te Ching . Capítulo 67. Aula de Tai Chi – 10/10/2015

67

Capítulo 67: Três Tesouros

Para ser Uno ao Tao, o sábio deve manter e guardar em seu coração, três grandes tesouros preciosos:

1º  Tesouro: misericórdia ou compaixão

2º  Tesouro: moderação ou suficiência;

3º  Tesouro: modéstia ou humildade
3 tesouros juntos que transformam os homens e o MUNDO! Quando aprendemos a cultivá-los, ganhamos mais tesouros.

  • O sábio misericordioso/bondoso ganha coragem para enfrentar qualquer obstáculo independente do tamanho ou grau de dificuldade. Haverá situações que, sem perceber, será capaz de mover céus e terras sem esforço.
  • O sábio moderado usa recursos o suficiente ou na dose certa p ara se manter. Consumir o necessário sem desperdício. A recompensa de ser econômico é a generosidade. Só pode doar ou dar, quem tem de sobra.
  • O sábio modesto/humilde ganha liderança por excelência. Torna-se líder e seguido por muitos porque não se coloca à frente dos outros. Diferente daquele que está sempre tentando correr atrás do sucesso que sem ser humilde, um dia,  cai na sua própria ruína e morre.

Durante o treino, conserve os 3 tesouros em seu coração. Seja bondoso, moderado e humilde!

Suas defesas se tornarão dia-a-dia mais fortes e alcançarás vitórias ! É esta a recompensa pela qual, o céu o mantém suficientemente salvo e são.

16/10/2015   Marcela Kwong

E-Mail: marcela_kwong@uol.com.br

http://www.centrotaoista.com.br

———————————————————————————————————————–

Cap 67 do TAO

 

 Ganha   a batalha aquele que tem misericórdia , isto é,  aquele que traz  consigo a benevolência, o perdão e a bondade. Só a coragem não basta.  Prof. Tsai explica que a misericórdia  nada mais é que o ” bom coração” , que conduz à vitória.

Trazendo esse conhecimento para as pequenas ” batalhas” da vida diária, compreendemos que esse processo começa dentro de cada um de nós.  Ao termos compaixão conosco, esta pode se estender aos outros e ao Universo.

O caminho do coração leva à paz e à leveza proporcionando uma visão diferente  do mundo.

Aceitar com humildade o que a vida nos apresenta e deixar ir embora, esse  processo, faz parte do aprendizado e do fortalecimento .

Há situações que servem de aprendizado, são parte do  caminho para voltar ao essencial.

Percorrer o caminho é tão importante quanto apenas alcançar resultados.

Prof. Tsai diz que o caminho do Tao é longo e que depende do praticante percorrê-lo.  Devemos estar atentos à prática dos exercícios e  à meditação para que possamos ser orientados adequadamente.

Através da prática constante,  fortalecer a base, voltar à nossa origem, à verdade pré- Natal, ao tan-tien.  Aos poucos, a energia se reorganiza dissolvendo os bloqueios. A profundidade da conexão varia  conforme o treino e o momento.  Cuidar para não levar negatividades ao tan-tien durante a prática.

Sábio é aquele que economiza energia. Renovamos  a energia nos mantendo conectados, entretanto,  é necessário mantê-la e  utilizá-la com muita sabedoria.

Minha profunda gratidão ao Prof. Tsai por seus preciosos ensinamentos!!!!

                           

15/10/2015 Kátia Rodriguez Richieri

E-Mail: katia@richieri.com.br

*Texto elaborado por aluna: Kátia Rodriguez Richieri

http://www.centrotaoista.com.br

 

CRISES DE TOSSE, DE CANSAÇO FÍSICO, DE INSÔNIA, TABAGISMO, COLESTEROL ALTERADO, GLICEMIA ALTERADO E ETC.

Crises de tosse, de cansaço físico, de insônia, tabagismo, colesterol alterado, glicemia alterado e etc.

Quero contar minha experiência a partir de 23/05/2015, quando iniciei com acupuntura e 12/09 com o início de minha participação nas aulas de Tai Chi.  Minha demora na colocação de um depoimento, deve-se ao fato de ser uma pessoa muito incrédula, onde preciso de provas materiais e não apenas emocionais para entrar de cabeça em algo novo para mim.

Minha chegada ao Centro deve-se a insistência de minha esposa Maria José e também a curiosidade e a uma tosse que já estava crônica e assustando meus familiares.

Pois bem, em  inicio de junho fiz alguns exames de sangue, cujos resultados não foram muito satisfatórios ,  onde constatei aumento de triglicéride, colesterol , glicose, dosagem sérica de ureia e creatinina, psa e outros…

Dando uma de São Thomé, apesar da melhora que já sentia, onde não tive mais crises de tosse, de cansaço físico, de insônia, etc., decidi continuar com a acupuntura, agora não por curiosidade, apenas para credulidade mesmo, e sem consumo de remédios, a não ser o da pressão, já meu velho conhecido,  e repeti os mesmos exames em agosto e também em setembro, após o início nas aulas de Tai Chi. Todos os resultados com intervalos de aproximadamente 1 mês, o que não é o ideal, principalmente sem uso de medicamentos, mas houve melhoras e significativas nos resultados.

O que fiz para ir melhorando esses resultados? Apenas segui as orientações do professor Tsai, deixei o cigarro após mais de 40 anos no vício (3 dias antes da primeira seção de acupuntura), deixei de lado carnes vermelhas, frituras, refrigerantes, gelados e após substituir o cigarro por doces, e isto ter afetado minha glicose, também parei com a ingestão de açúcar refinado.

Nunca fui uma pessoa de muita persistência e vontade, sempre fui fraco quando o assunto era exercícios, dietas, ou qualquer coisa que fosse fora de minha rotina ou gosto.

Hoje agradeço a insistência de minha esposa Maria José que não sossegou enquanto não me convenceu a conhecer e experimentar a acupuntura no Centro Taoista do prof. Tsai,  pois isto fez com que eu conseguisse mudar meus péssimos hábitos, melhorando minha saúde, apesar do PSA ainda muito alterado, conseguisse largar o cigarro, os refrigerantes (antes não bebia água, apenas gaseificados), gelados, frituras e estou conseguindo sem muito sacrifício, acreditem, mudar completamente meus hábitos alimentares, sociais, relacionamentos e passando os dias com muito mais tranquilidade, onde realmente não foram os problemas que mudaram e sim eu, com ajuda do professor Tsai, da persistência de minha esposa e porque não, dos novos colegas do Tai Chi, onde em cada aula tenho um aumento significativo de conhecimento e experiência com o professor e os colegas.

Hoje posso dizer que tenho durante meus dias, muito mais momentos de felicidade do que tinha antes, sem demagogia…

Obrigado a todos que me auxiliaram e continuam, nesta transformação que estou vivenciando…..

ACOMPANHAMENTO RESULTADOS EXAMES DE SANGUE – 2015

laboratório ——>

LABORATÓRIO SABIN (BIRIGUI)

CDB (TATUAPÉ)

EXAMES

10/06/2015

15/07/2015

29/08/2015

25/09/2015

hemoglobina glicada

6,40%

6,00%

5,90%

5,40%

glicemia

155,0 mg/dl

150,0 mg/dl

140 mg/dl

122 mg/dl

colesterol + frações + triglicerides

147,0 mg/dl

151 mg/dl

colesterol

220,0 mg/dl

186,0 mg/dl

180 mg/dl

173 mg/dl

hdl colesterol

30,0 mg/dl

35,0 mg/dl

30 mg/dl

33 mg/dl

vldl colesterol

33,0 mg/dl

29,4 mg/dl

30 mg/dl

29 mg/dl

ldl colesterol

130,0 mg/dl

121,6 mg/dl

120 mg/dl

111 mg/dl

indice de casteli para colesterol total/hdl

7,33

5,31 mg/dl

6,00 mg/dl

5,24 mg/dl

indice de casteli para ldl/hdl

4,33

3,47 mg/dl

4,0 mg/dl

3,36 mg/dl

creatino fosfoquinase (cpk total)

65,0 U/l

60,0 U/l

dosagem de potássio

4,5 mmol/l

3,8 mmol/L

psa livre/total                                          livre

0,827 nanog/ml

0,51 nanog/ml

0,63

                                                                       total

7,73 nanog/ml

5,96 nanog/ml

5,99

                                                                          %

10,70%

8,56%

10,52

dosagem serica de uréia

48

40

38

dosagem serica de creatinina

1,2

1,0

0,93

Atenciosamente,

07/10/2015

19/09/2015  Alcides Fernandes Tavares

Ver outros depoimentos:

http://www.centrotaoista.com.br/depoimentos-acupuntura

Relato do Tao Te Ching . Capítulo 66. Aula de Tai Chi – 03/10/2015

62

Grande Rio

O grande rio é o rei de todos os vales porque está posicionado abaixo. O santo (praticante de energia) precisa se abaixar; precisa buscar a constância do TAO humildemente. Reflete em cada treino e mantém esse percurso por toda a vida. Se um santo for guiar o povo, tem que entender que deve estar abaixo (ser humilde servidor). Trocar ideias; estar junto. Um bom governante não pensa que já sabe o suficiente…diferente do mau governante que quer estar à frente do povo, ser maior e mais importante. Um bom coração jamais machuca as pessoas – lembra o professor Tsai.

 

O povo não cansa do governante que é sábio; esse governante não busca a disputa, não se cansa e compreende tudo através do TAO.

 

22/01/2016 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

http://www.centrotaoista.com.br

______________________________________________________

O Grande Rio (ou Mar)

Os mares e rios são como reis para todos os vales, pois estão em posição inferior a eles (embaixo) e fazem seu nobre trabalho com satisfação.

Se o sábio ou Santo deseja governar o povo ele deve estar junto ao povo. Ele não deve se colocar acima do povo. Dessa forma, servindo ao povo com humildade, ele automaticamente é escolhido pelo próprio povo como um verdadeiro líder e governante.

Governando assim, ele espontaneamente se encontra acima do povo, mas sem pesar sobre ele, ao contrário do que ocorre nos dias de hoje, quando o povo sempre acaba arcando com as mazelas do governo.

O sábio quando governa jamais onera o povo.

08/10/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

—————————————————————————————————————————

CAPITULO 66.

O grande rio é muito forte porque ao chegar ao fundo do vale acumulou toda a energia de potencial da descida.

Para ser reconhecido o soberano deve colocar-se ao nível dos súditos, pois é onde sua sabedoria e superioridade transparece.

Assim poderá ser seguido com louvores.    Como seu Ego não os oprimi, seus súditos o reconhecem como superior.

Não sofre oposição porque não se impõe,o que mantém o equilíbrio, o TAO.

Fazendo um paralelo do texto para o nosso Tai Chi.

Com a devida constância o praticante do Tao se torna  muito forte porque acumula toda energia da caminhada.

Para ser forte é necessário reconhecer sua fraqueza e dar o pontapé inicial.

Com a devida dedicação e persistência seu corpo se fortalece, seu espírito se acalma, logo seu Ego se alinha e não o expõe.

Se não se descuidar e manter a constância, sua saúde e equilíbrio energético serão mantidos, logo não sofreras os revezes do clima e as atrocidades ao seu redor serão minimizadas e não o desequilibrará.

10/10/2015 Benedito Breve

E-Mail: breve.b@gmail.com

*Texto elaborado por aluno: Benedito Breve

http://www.centrotaoista.com.br