Relato do Tao Te Ching . Capítulo 64 . Aula de Tai Chi – 19/09/2015

64

Capítulo 64

O TAO é o mistério e a maravilha de todas as coisas. Ele é a ponte para chegar ao outro lado. Para os bons é a palavra que pode ser compartilhada; o comportamento para agrupar. No entanto, se vermos somente essa face do TAO, desistimos das pessoas que não o praticam. No entanto, somos todos parte do TAO – inclusive os que não o conhecem. No contexto do grande TAO, tudo está funcionando perfeitamente: mesmo quando há conflito, injustiça. Em todos os momentos o TAO deve ser perseguido como ideal de vida.

 

Professor Tsai lembra que 85% dos que conquistaram a iluminação o fizeram na terceira idade. Os jovens desprezam a saúde porque as tem. Os de mais idade já reconhecem o valor das pequenas (as principais, na verdade) coisas da vida!

 

Na China, antigamente – afirma o professor Tsai – o maior presente que poderia dar ao imperador era o conhecimento do TAO. “O bem mais precioso e acima de todas as riquezas era o conhecimento do TAO. Mas, qual é o valor do TAO? A mudança da frequência; a mudança de dentro para fora. E qual é o valor disso? Essa é a coisa mais preciosa do mundo”, diz Tsai.

22/01/2016 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

http://www.centrotaoista.com.br

______________________________________________________

Auxiliar, recuperar e equilibrar
O que está bem, é fácil conservar
O que ainda não apresenta sinais de piora, é fácil manter.
O que está fraco (entenda-se com energia fraca ou pequeno bloqueio), ainda é fácil de se recuperar.
Diante das observações acima, Lao Tsé nos ensina que antes de ocorrer uma queda significativa de energia, cabe a nós cuidar para que não ela não caia de modo a se tornar irreversível, pois é certo que sem os devidos cuidados a piora ocorre. isso se deve ao fato de que sempre depois da melhora vem a piora e depois da piora ocorre a melhora.
Lao Tsé nos adverte que se pode e se deve cuidar para que evitemos essas confusões em nossa vida, para que obtenhamos a devida constância no fluir de nossas energias ao longo de nossa vida.
Uma árvore grande e grossa nasce pequena e fina.
Um prédio (pagoda) começa sua construção pela fundação e somente com o tempo de construção adquire tamanho e se torna alto.
Uma viagem de 1000 km começa com um passo.
Ou seja: tudo o que é grande inicia-se pequeno.
Na segunda parte deste capítulo Lao Tsé fala sobre a não ação:
Aquele que age sem ação, sem finalidade, vai em frente. Por outro lado, aquele que age pela ação, que prende, experimenta a “perda” e não vai em frente.
Lao Tsé observa, ainda, que geralmente quanto o povo mais se aproxima do sucesso, ele se perde. Ou seja, quando acha que está se sucedendo bem, se desvia do foco, do caminho e se perde.
Ele nos ensina que isso ocorre porque não se manteve a mesma constância do começo, logo houve a queda. Diante disso, nos orienta que sempre devemos manter o mesmo ritmo e constância em nossa prática, caso queiramos evitar as perdas e quedas de nossa energia, evitando trocar o certo pelo duvidoso.
Portanto, se conseguirmos manter o começo e o final iguais, ou seja, com o mesmo empenho e constância, não haverá perda.
O sábio (o santo) age sem desejo e em constância. Ele auxilia os homens sem nunca precisar agir.
03/10/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

——————————————————————————————————————————–

O capítulo 64 é de uma riqueza de conhecimento, tão simples e tão profundo que consiste numa síntese  esclarecedora do que foi apresentado desde o início do Tao Te Ching. Para mim, uma iniciante, fica difícil visualizar algo além desse capítulo. Durante a aula, o Prof. Tsai foi nos levando com suavidade e firmeza para a compreensão do texto. Disse-nos que é muito fácil manter a paz quando ela é verdadeira porque sua origem está na sinceridade , na prática com o coração. Conforme o Prof. Tsai ia exemplificando as situações vividas pelos alunos, eu ia me identificando claramente com elas. Ao nos deparar-mos com um obstáculo surge a pergunta: ” onde foi que eu errei? ” A resposta está dentro de cada um e no capítulo 64.

        Errei ou erramos ,quando buscamos um resultado imediatista e estabelecemos prazos para se atingir um objetivo.  Quando queremos fazer uma viagem de mil léguas,sem dar o primeiro passo e seguir um passo por vez,surge o fracasso . Erramos ao desejar erguer um edifício de nove andares sem passar pelo acúmulo de terra. Tudo no início é fácil de quebrar, de romper. “O que é frágil é fácil de quebrar/ O que é pequeno é fácil de dissolver/  Realiza-se a partir da existência/Organiza-se a partir de antes da desordem” (cap. 64).   …………..”Quem age fracassa/Quem se apega perde”. Pela não- ação não há apego e portanto não há perda.  É importante que tenhamos cautela tanto no início quanto no princípio, para não ficarmos ziguezagueando ao caminhar.  Situações desfavoráveis como doenças no corpo, podem ser prevenidas antes que aconteçam se tivermos a energia que o Tao nos mostra, pois quando o mal ainda é frágil e pequeno é mais fácil removê-lo.
        0 caminho é o próprio caminhar, é a partir de um início de uma pequena muda de uma árvore que surge a árvore .
        A razão do fracasso é a intencionalidade de se buscar rapidamente trilhar um caminho que na verdade está no início, no esvaziamento.
        O aprender não é um acúmulo de conhecimento, aprender através do não-aprender.    A ação da retidão no mundo é aquela que se concretiza através da não- ação, o wu wei.  …….”  O Homem Sagrado deseja através do não desejo , Não valoriza as coisas de difícil aquisição” (cap.64) porque o “ter” , o bem material e o próprio corpo, nada  .Gastar energia vital para adquirir  bens de consumo ou de capital não permite que a pessoa reencontre o vazio do Pré -Natal.
         Agradeço sinceramente ao Prof. Tsai a oportunidade de comentar esse capítulo e olhar para o Caminho da certeza.
21/09/2015   Eleonora Lucato
*Texto elaborado por aluna:Eleonora Lucato
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s