Relato do Tao Te Ching . Capítulo 58 . Aula de Tai Chi – 18/07/2015

                  58

Um governo rigoroso

Quando um governo é generoso e pensa no povo, o povo fica feliz e satisfeito.

Quando o governo interfere demais e faz muitas exigências, leis etc o povo fica descontente e se rebela. Ele costuma transgredir.

A miséria se encontra próxima à felicidade e a felicidade reside próximo à miséria. Ou seja, o que é bom hoje, amanhã pode ser ruim e o que pode ser chamado de ruim em outro momento e circunstância pode ser tido como bom.

Em relação a isso o Prof. Tsai dá o exemplo do soldado que se machuca. A princípio isso pode ser considerado ruim, mas ao se machucar o soldado pode acabar não indo ao combate e evitar ser morto.

Com essas afirmações Lao Tsé nos ensina que o bom e o mau são relativos e demonstra o caráter circular e mutável do Tao: do bom pro ruim, do ruim para o bom.

O Professor Tsai, no entanto, nos ensina que quem é praticante de energia consegue refrear essas oscilações e manter uma constância na vida, evitando seus altos e baixos: se você tem a base fortalecida você consegue se manter, pois fora disso o “demônio” pode virar “santo” e o “santo” pode virar “demônio”.

O Professor ainda acrescenta que esse ensinamento de Lao Tsé permanece imutável com o passar do tempo e isso ainda é totalmente verdadeiro nos dias de hoje, como podemos constatar diariamente em nossas vidas.

Isso também acontece com os governos e seus governantes.

O governo que não é pontiagudo (agressivo e imponente), tem um povo tranquilo.

O governo que age com correção e quer endireitar as coisas, resolve os problemas do povo sem machucá-lo ou agredí-lo. Sem utilizar suas “pontas agudas” e agressividade para ferir.

Isso serve para o governo e para as pessoas, na administração de suas vidas. Serve para tudo e para todos.

O praticante do Tao tem o seu brilho próprio, mas é um brilho suave, que não ofusca o do outros. É um brilho que não agride nem machuca.

Quem brilha com muita intensidade logo perde seu brilho, pelo próprio desgaste.

Conselho de Lao Tsé: mantenha a constância com suavidade, dessa forma sempre brilhará.

Assim o Tao é. Assim o Tao nos ensina.

24/07/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

————————————————————————————————————————

O Professor Tsai iniciou os comentários sobre o capítulo 58 , relatando uma experiência que ele viveu,quando por curiosidade, constatou o motivo pelo qual o Butão é considerado o país mais feliz do mundo. O Butão fica na Ásia, tendo ao norte a China e ao Sul ,a Índia. É um lugar de gente simples, onde a alegria do povo é uma prioridade para o governo, muito maior do que o crescimento econômico.

A população do Butão tem um governo que considera a felicidade do povo mais importante do que o PIB( produto interno bruto). Este é o tema do capítulo 58, governar com tolerância, aceitar a diversidade e não fazer discriminização.

O Professor Tsai comparou o Butão com a Índia,  país onde se percebe a insatisfação do povo, porque ainda separa os homens por castas, classes e atributos. Isso acontece também no Brasil, onde a grande desigualdade social gera conflitos e insatisfação.

Na história do mundo ocidental, a Idade Média, principalmente a Alta Idade Média , é considerada a fase mais obscura , porque além de outros fatores, a sociedade era estamental, isto é, não havia mobilidade social, e sim uma grande pirâmide hierárquica tendo na sua base, a classe de servos que não tinham acesso a direitos políticos e participação na vida social. Neste ponto, o  Professor Tsai exemplificou com o caso de uma mulher que vive na prostituição, filha de prostituta e que provávelmente sua filha também terá o mesmo destino.

Se a história é cíclica, isto é, as épocas de desgraça e felicidade se alternam , assim vivem as pessoas, entre dois extremos. “É na desgraça que se encontra a felicidade. É na felicidade que se esconde a desgraça”. ( cap. 58 Lao Tse). O governo que é omisso, permite a ocorrência de caos no país, pois o povo não encontra regras claras para seguir.

Tendo consciência do que foi exposto até aqui, cabe a nós, aprendermos com os ensinamentos do TAO, “Seja quadrado, sem corte/ Seja honesto sem humilhar/ Seja reto sem abuso/ Seja iluminado sem ofuscar” (cap. 58. Lao Tse).

Uma pessoa estável e sólida como o cubo e ao mesmo tempo, suave e comedida, abole as arestas que cortam quem dela se aproxima. Na prática do Tai Chi, vivenciamos essa verdade, deixando vir e deixando ir, estabilizados e ao mesmo tempo , leves e flexíveis, honestamente, evitando os excessos, abolindo a força e a rapidez. Sem essa consciência e essa prática, vamos experimentar o desequilíbrio e no futuro, as doenças do corpo físico.

Devemos manter a Constância na prática, na meditação para manter o equilíbrio, conhecendo nossos limites físicos e emocionais. “Seja luminoso sem ofuscar”,muita luz ofusca, faz desviar o olhar que não consegue sustentar o excesso. Para o Taoísmo, a verdadeira iluminação não ofusca quem contempla o ser iluminado, é simples, suave, uma luz que convida à aproximação sem ferir o outro.

Sou grata pela oportunidade de ser acolhida pelo grupo de alunos e pelo Professor Tsai , pois essas reflexões e práticas proporcionam um conhecimento rico e uma vivência de grande energia.

20/07/2015   Eleonora Lucato
Anúncios

2 comentários sobre “Relato do Tao Te Ching . Capítulo 58 . Aula de Tai Chi – 18/07/2015

  1. Aprender o Tao não é como Trofeus – deixa em casa à mostra. Você só aprende Tao Praticando…através do compartilhamento e ao retribuir você entederá a essência do Tao…e isso é como fosse plantas, flores que vemos na natureza, elas se mostrando de uma forma totalmente natural sem exibição. Meus parabéns.

  2. A fase da lua nova está passando… na semana passada vários pacientes e alunos não se sentiram bem, devido essa mudança energética, ou seja, quando nossa energia estiver mais equilibrada, menos desconforto poder lhe causar nessa fase. Procurem manter seu Tai Chi unido é como fosse um barco acompanha as marés altas e baixas sem nenhum problema, agora um barco furado não.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s