Relato do Tao Te Ching . Capítulo 55 . Aula de Tai Chi – 06/06/2015

TAOTECHING

Capítulo 55 – “Manter a virtude”

Pela visão taoísta, este capítulo reforça a importância de nutrimos o tan tien, buscando fortalecer a energia pré-natal, que Lao Tsé traduz como: “como manter a virtude”.

Faz uma analogia com o bebê na fase intrauterina, onde nada do meio externo pode afetar a expansão de sua energia, consequentemente o seu desenvolvimento. Nesse estado, os insetos não podem picar, os animais ferozes e nem os pássaros selvagens podem atacar; os bebês continuam a crescer e se nutrir com muita energia. Podem possuir ossos frágeis e tendões flexíveis, mas conseguem segurar com muita firmeza. Podem chorar o dia inteiro, porém não adoecem, pois são cheios de energia. A energia dos bebês é harmoniosa e constante. Devido a essa constância podem crescer com tamanha rapidez e vitalidade.

Mantendo-se a constância, obtêm-se a clareza e nada de ruim acontece. É o verdadeiro caminho do Tao. O caminho para a longevidade.

Quando se quer comandar com a sua vontade (= teimosia) ocorre o processo de desgaste de energia. Não é o caminho do Tao – é o caminho do envelhecimento, do término dessa vida de forma precoce.

Neste contexto, os exercícios de tai chi em dupla, nos quais praticamos o “acompanhar”, o “ceder” e o “seguir” além do “conduzir”, podem nos ajudar a evitar esse processo de perda de energia. Essa prática pode proporcionar um real e visível entendimento de nossas dificuldades: a nossa teimosia, a nossa rigidez, os nossos bloqueios. Para a nosso bem estar físico e mental e nossa evolução/longevidade, são essenciais o bom coração, a sinceridade e a humildade. Estes três pilares são fundamentais para a prática da meditação também para atingir/nutrir a nossa energia pré-natal: um bom coração (o bem querer ao próximo, o amor misericordioso), a sinceridade (a pureza da alma como a de um bebê) e a humildade (o respeito a tudo que nos é oferecido pela nossa mãe natureza, inclusive a nós mesmos, às nossas limitações). A humildade nos proporciona equilíbrio, harmonia, o respeito ao tempo de cada um (inclusive aos nossos), combate o ego, a pressa, a ansiedade e o stress, principais fatores da perda de nossa saúde. Sem dúvida, o verdadeiro caminho do Tao.

09/06/2015  Iracema Ioco Kikuchi Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

*Texto elaborado por aluna Iracema Ioco Kikuchi Umeda.

http://www.centrotaoista.com.br

—————————————————————————————————————————

Relato do Tao Te Ching . Capítulo 55 . Aula de Tai Chi – 06/06/2015

Mantendo a Virtude

Aquele que mantém a virtude e que a acumula é comparado a um bebê. Isso porque quanto mais se cultiva a virtude, mais se aproxima do estado pré-natal. Logo, mais parece com um bebê.

Virtude, como ensina Lao Tsé, é energia. Se você pratica a virtude você acumula energia.

Os seres em estado pré-natal jamais são atacados pelos animais ferozes ou pelos pássaros devido à sua maleabilidade e pureza, e sendo assim, não são contemplados com a presença do mal.

Os bebês tem ossos moles e tendões macios, porém têm firmeza e segurança nas mãos.

Os bebês, mesmo não conhecendo nada sobre sexo, possuem órgãos sexuais ficam eretos. Isso significa que sua energia pré-natal está plena.

Outra evidência de que os bebês têm a energia pré-natal bem regulada, é o fato de que podem chorar ininterruptamente e jamais ficarem roucos ou desgastar suas cordas vocais, pois a energia está fluindo correta e harmoniosamente.

Isso ocorre porque estão muito próximos ao estado pré-natal, que é o estado em que o ser humano encontra-se na plenitude de sua energia vital.

E quando você consegue fazer esta energia harmoniosa fluir corretamente, você cria constância e consegue ter mais clareza e percepção apurada em relação às coisas.

Dessa forma, se obtém naturalmente a prosperidade em sua vida.

Na segunda parte deste capítulo, Lao-Tsé nos ensina que quanto maior o tamanho de sua ambição, quanto mais quiser ter o controle das coisas, mais quiser manipular a natureza, maior será o tamanho de sua doença.

É pura teimosia o coração (a vontade) querer sobrepor-se à energia, pois no caminho do Tao prevalece a naturalidade e a espontaneidade, que são essenciais elementos que propiciam o fluir correto de energia.

Quanto mais se desgastar, mais energia irá perder e, perdendo energia de maneira descontrolada e caótica, mais cedo irás envelhecer.
Seguindo-se dessa forma desregulada, desvia-se do caminho do Tao. Desviando-se do caminho do Tao, o corpo perece mais cedo.

10/06/2015   Paulo Ricardo

E-Mail: paulobonciani@hotmail.com

*Texto elaborado por aluno:Paulo Ricardo

http://www.centrotaoista.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s