Relato do Tao Te Ching capitulo 32 – aula de Tai Chi no dia 18/10/2014

LAO TZU
O momento de Parar!
 
O TAO é eterno e não tem nome.
O TAO é genuíno da mesma forma como o tronco de árvore na sua forma natural.
Quando a raiz é preservada, o papel dela é nutrir a árvore para manter o tronco firme, permitindo que a seiva seja encaminhada para as extremidades da copa mantendo a renovação contínua das folhas, flores e frutos.
 
Assim, como o Céu se une à Terra e desta união, surgem gotas suaves de orvalho da manhã. 
 
A união do mundo com Tao é UNO, assim como o riacho e vales retornam aos rios e mares – à sua origem.  
 
Ninguém neste mundo, poderá interferir e mudar ciclo da natureza. Se homens e mulheres respeitarem e cultivarem o TAO, a vida há de ser harmoniosa!
 
Como o princípio da ordem natural das coisas, tudo começa e retorna à origem – ao TAO.
 
Há o momento certo de parar para não perecer ou morrer! 
 
No meu depoimento, quem teve a oportunidade de ler, descrevi que só parei e tomei consciência dos erros que cometi através da dor. Sofrimento nunca mais! Sinceramente, este capítulo é o espelho da minha história. Mantenho a constância do treino para não perecer na certeza de viver mais feliz e próspera.
Alguns exemplos que compartilho com os colegas do TAO para reflexão:
 
A partir do momento em que o tronco da árvore é separado da raiz, as novas formas ganham nomes – os objetos não são eternos, são provisórios.
 
Objetos que reluzem despertam desejos terrenos temporários. Coisas pelas quais milhares de pessoas trabalham incessamente para conquistar o material que um dia, se torna ocioso. O descontentamento cresce porque o capitalismo incentiva o consumismo de novas criações do Homem e, assim caminha a humanidade… neste ritmo, seja homem ou mulher em qualquer idade que não respeitam os limites do corpo, se esquecem do que é bom, mal param para refletir e perdem a consciência do que é natural.
 
Um bebê originalmente não tem nome, ele passa a ter um nome após o nascimento. Durante o  seu crescimento, a criança fica exposta a várias situações externas interagindo com pessoas do meio em que vive. Pouco a pouco perde a essência da sua raiz. Durante as fases da vida, ela pode conhecer o bem ou mal. Se a criança for “cultivada e semeada “com valores e principios de vida, se tornará um adulto feliz, honesto e saudável.
  
Toda semana aprendemos sempre um exercício novo. E a lição da vez é: pare e pense ! Pratique mais! Quanto maior a constância no treinamento mais rápido você se recupera e mantém energia armazenada a seu favor. Sábios e virtuosos são os que conhecem importância dos limites e fronteiras em todos os aspectos da vida.
 
Com o TAO e pelo TAO, mantenha-se sempre conectado! A vibração da boa energia pode ser irradiada para mais pessoas que estão ao seu redor e quem sabe: o mundo se torna um paraíso, as pesssoas possam viver uma com as outras em paz e harmonia, com a lei escrita nos seus corações!

23/10/2014   Marcela Kwong

E-Mail: marcela_kwong@uol.com.br

*Texto elaborado por aluna:Marcela Kwong

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s