Relato do Tao Te Ching capitulo 33 – aula de Tai Chi no dia 25/10/2014

TAOTECHING01

Capítulo 33:“Fazer o que deve ser feito”

Quem conhece o outro ou reconhece no outro (o que bom, o que é belo, o que é virtuoso) é porque tem conhecimento;

Mas aquele que conhece e reconhece a si próprio possui sabedoria e maior clareza.

Aquele que ganha é porque tem força;

Mas aquele que vence a si mesmo tem muito mais força, a verdadeira força e muito mais sabedoria.

Aquele que se satisfaz com o que tem ou com o que sabe é uma pessoa virtuosa e rica;

Aquele que tem força, que avança usando a força pode ganhar a guerra;

Porém só aquele que permanece no seu lugar se torna duradouro.

Este capítulo novamente reforça a importância da meditação, da serenidade e do autoconhecimento. A meditação, atingindo o estado de serenidade e posteriormente o estágio de plenitude, conseguindo vislumbrar “as maravilhas” do nirvana, o ser humano conseguirá ser mais forte, mas sábio, mais sereno e mais longevo.

No último parágrafo, o prof. Tsai nos ensina as duas formas de interpretação:

  1. Aquele que morre, mas permanece por meio de seus feitos, suas obras ou pensamento/ensinamentos, etc, de fato não morre e atinge a longevidade.
  2. Enquanto um morre, o outro lado nasce, assim é a natureza se mantendo longeva, em equilíbrio; como exemplo o yin e o yang, como exemplo o nascer e o por do sol e da lua. No treino de energia, com a prática dos exercícios de tai chi, fazemos o exercício do “cheio – vazio”, yin-yang e é uma das formas de nos mantermos abastecidos energeticamente para passarmos bem o nosso dia-a-dia, no meio de todas as situações adversas que possamos encontrar.

30/10/2014  Iracema Ioco Kikuchi Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

*Texto elaborado pela aluna Iracema Ioco Kikuchi Umeda.

Relato do Tao Te Ching capitulo 32 – aula de Tai Chi no dia 18/10/2014

LAO TZU
O momento de Parar!
 
O TAO é eterno e não tem nome.
O TAO é genuíno da mesma forma como o tronco de árvore na sua forma natural.
Quando a raiz é preservada, o papel dela é nutrir a árvore para manter o tronco firme, permitindo que a seiva seja encaminhada para as extremidades da copa mantendo a renovação contínua das folhas, flores e frutos.
 
Assim, como o Céu se une à Terra e desta união, surgem gotas suaves de orvalho da manhã. 
 
A união do mundo com Tao é UNO, assim como o riacho e vales retornam aos rios e mares – à sua origem.  
 
Ninguém neste mundo, poderá interferir e mudar ciclo da natureza. Se homens e mulheres respeitarem e cultivarem o TAO, a vida há de ser harmoniosa!
 
Como o princípio da ordem natural das coisas, tudo começa e retorna à origem – ao TAO.
 
Há o momento certo de parar para não perecer ou morrer! 
 
No meu depoimento, quem teve a oportunidade de ler, descrevi que só parei e tomei consciência dos erros que cometi através da dor. Sofrimento nunca mais! Sinceramente, este capítulo é o espelho da minha história. Mantenho a constância do treino para não perecer na certeza de viver mais feliz e próspera.
Alguns exemplos que compartilho com os colegas do TAO para reflexão:
 
A partir do momento em que o tronco da árvore é separado da raiz, as novas formas ganham nomes – os objetos não são eternos, são provisórios.
 
Objetos que reluzem despertam desejos terrenos temporários. Coisas pelas quais milhares de pessoas trabalham incessamente para conquistar o material que um dia, se torna ocioso. O descontentamento cresce porque o capitalismo incentiva o consumismo de novas criações do Homem e, assim caminha a humanidade… neste ritmo, seja homem ou mulher em qualquer idade que não respeitam os limites do corpo, se esquecem do que é bom, mal param para refletir e perdem a consciência do que é natural.
 
Um bebê originalmente não tem nome, ele passa a ter um nome após o nascimento. Durante o  seu crescimento, a criança fica exposta a várias situações externas interagindo com pessoas do meio em que vive. Pouco a pouco perde a essência da sua raiz. Durante as fases da vida, ela pode conhecer o bem ou mal. Se a criança for “cultivada e semeada “com valores e principios de vida, se tornará um adulto feliz, honesto e saudável.
  
Toda semana aprendemos sempre um exercício novo. E a lição da vez é: pare e pense ! Pratique mais! Quanto maior a constância no treinamento mais rápido você se recupera e mantém energia armazenada a seu favor. Sábios e virtuosos são os que conhecem importância dos limites e fronteiras em todos os aspectos da vida.
 
Com o TAO e pelo TAO, mantenha-se sempre conectado! A vibração da boa energia pode ser irradiada para mais pessoas que estão ao seu redor e quem sabe: o mundo se torna um paraíso, as pesssoas possam viver uma com as outras em paz e harmonia, com a lei escrita nos seus corações!

23/10/2014   Marcela Kwong

E-Mail: marcela_kwong@uol.com.br

*Texto elaborado por aluna:Marcela Kwong

Relato do Tao Te Ching capitulo 31 – aula de Tai Chi no dia 11/10/2014

Zhzi3

Capítulo 31

Antes de abordar o capítulo 31 do Tao Te Ching, propriamente dito, o professor Tsai explicou que na China o general do lado direito está ligado à guerra, ao luto; o do lado esquerdo, à festividade, celebrações ligadas à guerra. Dito isso, ressaltou que as pessoas que lidam com a guerra não costumam ter um fim positivo.

O capítulo começa com a constatação de Lao Tsé de que a pessoa que segue o Tao não quer proximidade com a guerra; não tem interesse em guerrear. O autor não descarta a guerra – nem tampouco ignora a necessidade desta, sobretudo com finalidade de defesa. No entanto, recomenda que o soldado enfrente a guerra estoicamente, como algo que tem que ser feito; que não se vanglorie, não se alegre, não se exalte com possíveis vitórias. Ilusão, pura ilusão é acreditar que há alguma nobreza no derramamento de sangue. Não há – de acordo com Lao Tsé – ganhadores em uma guerra. 

O suposto vitorioso de um embate, também perde – e enterra – soldados. Tem, inclusive, que comunicar a morte de jovens soldados aos pais. Que vitória é possível nesse cenário? O que há para celebrar? Se há regozijo por parte de um soldado, trata-se de uma pessoa que gosta de matar; de um assassino.

Alguém correto e que segue o Tao… jamais valoriza a guerra.

Traçando um paralelo com o treino de energia, penso nas guerras que travamos diariamente. Nas irritações, nas brigas desnecessárias, nos aborrecimentos. Se entramos nessa frequência de “energia nefasta”, estamos fadados ao desequilíbrio. Mesmo que supostamente ganhamos uma discussão, perdemos. Perdemos, inclusive, energia. Perdemos equilíbrio e paz de espírito. Ou seja, as guerras cotidianas modernas – travadas no trabalho, nas ruas, na vida em sociedade – são tão inúteis quanto as que Lao Tsé se referia.

Achei um excelente capítulo, pois traz um aprendizado que podemos usar ao longo da nossa vida e na prática de energia. Tao Te Ching é um incrível manual de como viver bem, corretamente e com equilíbrio. O mais incrível é que permanece atual.

12/10/2014 Betânia da Silva Lins

E-Mail: betania.lins@printeccomunicacao.com.br

*Texto elaborado por aluna:Betânia da Silva Lins

TRISTEZA, MELANCOLIA, GASTRITE, ESOFAGITE, DOR NAS COSTAS, DOR DE CABEÇA CONSTANTE E ETC.

gildoOK

Portuguese version:

Boa noite, iniciar meu depoimento sobre o tratamento com acupuntura com o Prof Tsai, entendo como um dever,pois guardar só para mim os benefícios que estou obtendo, seria de um egoísmo sem tamanho.

Pois bem, meu nome é Gildo Oliveira vou completar 45 anos, em junho de 2012, de forma repentina e bem rápido minha esposa faleceu vitimada por um câncer, foi um baque em minha vida, com a nova situação e seus desdobramentos, um stress gigante me acometeu; As dificuldades se acumularam, tristeza, correria, preocupações, pois tenho um filho adolescente, que passou a ficar sozinho enquanto eu trabalhava, resultado: Após 5 meses, Dores abdominais surgiram, seguia-se então uma via sacra em médicos e diversos exames, então toda aquela insegurança e melancolia se abateu em mim, meu emocional sucumbiu, afinal havia perdido minha mulher tão rápido que pensei, Sou o próximo, chorava fácil, e escondido, pois não queria sobrecarregar meu filho, dessa forma, não teve outro jeito, Adoeci, Gastrite, esofagite, dor nas costas, dor de cabeça constante, pensamento de doença sem controle, peregrinei em médicos de diversas especialidades,, perdi peso, enfraqueci, pois sempre treinei musculação e outros esportes, enfim fiquei arrebentado, físico e emocionalmente, fiquei dispéptico, até que passado 1 ano e 9 meses “doente”, tomando em média 8 comprimidos/dia, e nada só dores.
Nesse sentido, já não suportando a qualidade de vida que estava levando, fui para a internet procurar sobre tratamentos diversos e encontrei o Centro Taoista, marquei consulta, e cheguei à presença do Prof Tsai, relatei minha situação, choroso, cansado, logo o prof. identificou as causas, e me confortou, dizendo ._Você vai melhorar, e iniciou o tratamento, “ massagem” agulhas, tudo muito objetivo e dinâmico, e orientou-me a descansar um pouco: Ali, no consultório, com as agulhas da acupuntura no corpo, o silêncio, pensei: Tem que ser aqui, não agüento mais essas dores, não tenho mais para onde ir, a quem recorrer, e hoje após 5 seções de acupuntura, a melhora é surpreendente, durante 1 ano e 9 meses, tive dores todos os dias, eu disse “todos os dias”, o estômago acalmou bastante, dores de cabeça praticamente zerada, já na segunda seção, suspendi os medicamentos, omeprazol, domperidona, antiácido, analgésicos entre outros, o equilíbrio restaurando-se, a confiança voltou, sei e sinto que falta um pouco, contudo sei que estou a caminho da restauração da minha saúde, o medo , os pensamentos de doença diminuíram substancialmente, enfim, com paciência, alcançarei uma situação satisfatória, com qualidade de vida.

Quanto as atividades físicas que sempre pratiquei, estão suspensas, até minha energia estar totalmente equilibrada, contudo, o fenômeno conhecido por nós como CATABOLISMO, pela primeira vez, não me pegou, a vigorexia, que acomete os praticantes de musculação e outros atletas, dessa vez, não a tive, meu corpo permanece com a mesma massa muscular, sem treinar musculação, não murchei, kkkkkk, o prof Tsai me disse que é o equilíbrio restaurando-se, o que é excesso sai, o que pertence a minha complexão física, permanece, muito bom.

Logo voltarei a postar minha vitória, e gostaria que outras pessoas, que queiram encontrar o equilíbrio, e abandonar a industria farmacêutica,venham conhecer a acupuntura, acreditem.

Abraço a todos, minha gratidão ao Prof Tsai.

Gildo Oliveira. 05/10/2014.

 E-Mail: gildooliveirailka@live.com