Relato sobre Capítulo 12 do Tao Te Ching – Aula de Tai Chi no dia 22/02/2014

Capítulo 12meditar

Esse capítulo mostra o dano que podemos causar quando valorizamos apenas o nosso meio externo, a começar pela nossa visão: as cinco cores podem cegar o homem.

O excesso de som, dar importância exagerada a tudo que se ouve, também pode tornar o homem surdo.

Quem busca o sabor em tudo pode perder o paladar.

O homem que busca estímulos como na caça e na luta, deixa o coração agitado e perde a serenidade.

As facilidades e o conforto dos bens materiais podem causar danos à nossa saúde e à nossa vida.

Por esta razão, o homem sábio procura nutrir a barriga e não os olhos. Nesta(s) frase(s) pode(m)-se identificar a importância da meditação taoísta, na qual se deve concentrar no ponto “tan tien” (região abaixo do umbigo – onde está a nossa raiz), livrando-se de tudo que é estímulo exterior (visual, auditivo, cinestésico) para podermos trilhar o verdadeiro caminho.

Na aula passada, o prof. Tsai nos alertou que a imagem visual é a principal fonte de perda de energia, da nossa vitalidade. Fez um alerta para as profissões que são exigidas demais a atenção visual, como os profissionais da área de informática. Muitas vezes o desgaste energético vem com sintomas inespecíficos como cansaço, insônia ou sono não reparador, dores musculares, dentre outros. Reforça que o treinamento de energia (tai chi e meditação) contínua é a forma mais eficaz para evitar esse desgaste.

Iracema Umeda

E-Mail: iikumeda@hotmail.com

*Texto elaborado pela aluna: Iracema Umeda

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s