Relato do Capítulo 02 do Tao Te Ching – Aula de Tai Chi no dia 22/06/2013.

Caros colegas e companheiros do TAO!!!Agradeço esta oportunidade para  DSC07192relatar a aula  passada- dia 22/06/2013, e compartilhar minha experiência , em especial ao TAO TE CHING-Livro do Caminho Verdadeiro e das Virtudes

Prof.Tsai começou a aula explicando o 2º capitulo do Tão Te Ching e chamou atenção para a  importância da sua leitura, pois muitos problemas  ou dificuldades no nosso dia-a-dia poderiam ser resolvidos com a correta compreensão deste maravilhoso legado  do  mestre  Lao Tse ,inclusive relatou  casos ocorridos com ele mesmo e lembrou também que tudo nesta vida  tem o seu ciclo, isto é, nada é imutável, tudo se transforma com o tempo,  pois esta é lei do TAO.

Se no capitulo nº 01 temos a revelação sobre TAO   , este 2º capitulo trata sobre a dualidade e as suas transformações.

No 1º verso deste 2º Capitulo temos seguinte enunciado:

Só temos consciência do belo, quando conhecemos o feio.
Só temos consciência do bom, quando conhecemos o mau.
Portanto, o Ser e o Existir se engendram mutuamente.
O fácil e o difícil se completam.
O grande e o pequeno são complementares.
O alto e o baixo formam um todo.
O som e o silêncio formam a harmonia.
O passado e o futuro geram o tempo.

Para interpretação do trecho acima,  lembrei  da Bola de Tai Chi

taichisimbolo

Os conceitos de Belo/Feio, Bom/Mau,  Ter/Não ter , Fácil/Difícil, Grande/Pequeno, Alto/Baixo, Som/Silencio, Frente/Atrás , Serenidade/Agitação , Dia/Noite, Sol/Lua, Saúde/Doença, Humildade/Arrogância ,  que aparecem ,são na verdade a grande lei da bipolaridade do Universo e de todas as coisas, pois  tudo que existe no mundo, inclusive nossos pensamentos/sentimentos  são ENERGIA, isto é, 2 forças opostas e mas complementares.

Na natureza  , temos muitos  exemplos de dualidade como  Homem/Mulher ou  ,Masculino/Feminino, cuja união é nascimento de outro ser. Professor/Aluno ou Mestre/Discipulo,  cujo resultado  é aprendizagem

Porém devemos tomar muito cuidado!!!, numa situação conflitante, há predominância de um lado sobre o outro, gerando conflitos/separação/doença. Numa situação de harmonia há o equilíbrio gerando  saúde/ paz/ prosperidade/boa convivência.

No caso dos opostos Humildade/Arrogância, as pessoas mais humildes  são aquelas que admitem seus erros/arrogância,portanto conseguem ter um equilíbrio , enquanto que os mais arrogantes geralmente não admitem em hipótese algum qualquer tipo de defeito ou reconhecer ao menos um pouco de humildade  ,e por causa  dessa atitude totalmente invertida geralmente costumar colocar a culpa nos outros, estando  propensos a adquirir uma doença ou neurose por causa do bloqueio mental e consequentemente bloqueio energético.

No 2º verso temos o seguinte enunciado:

Eis porque o sábio age pelo não-agir. E ensina sem falar.
Aceita tudo e não fica com nada.
O sábio tudo realiza – e nada considera seu.
Tudo faz – e não se apega à sua obra.
Não se prende aos frutos da sua atividade.
Termina a sua obra, E está sempre no princípio.E por isso a sua obra prospera

Aqui temos o conceito de  Fazer/Não Fazer ,isto não significa alienação  ou  preguiça , mas  sim  uma postura receptiva , isto é,deixar a mente vazia e livre das preocupações  para que o Tao possa  conectar e conduzir  pelo melhor Caminho através da INTUIÇÃO e não pelo RACIOCINIO LOGICO.

Aqui nos faz lembrar aula de meditação em grupo que aprendemos no Centro Taoista, onde é enfatizado a importância do relaxamento/vazio/soltura.

Para quem busca a paz interior , e quer descobrir o sentido da vida(Mistérios), creio que 81 poemas do Livro Tao Te Ching, devam ser estudados com afinco juntamente com Tai Chi Chuan, Meditação, Tui Shou e Exercícios de Chi Kung , que são  transmitidos oralmente  no Centro Taoista pelo Prof.Tsai.

Para vocês terem uma idéia do que seja o TAO TE CHING, veja no índice abaixo, quantas sabedorias contidas em cada capitulo, e que são perfeitamente aplicáveis aos problemas que estão ocorrendo no Brasil e no mundo.

Uma das formas interessante de estudar o TAO TE CHING, é  dar um TITULO a cada capitulo, após minuciosa leitura, creio que vão surgir vários títulos de acordo com a grau de compreensão  à medida que nosso coração for abrindo para GRANDE TAO.

Por exemplo, ao fazer leitura do capitulo 01, que diz que o TAO não pode ser definido, veio a tona, a grandeza deste Universo, com bilhões de estrelas, e suas  complexas  leis da física que mantem em  ordem o universo, isto já seria uma coisa indescritível , admirável e motivo para acreditarmos e treinarmos constantamente na existência da Energia também no interior do homem

01 – Tao e Energia Vital
02 – Dualidade e Tranformações Constantes
03 – Agir pela não-interferência
04 – Transcendência incognoscível
05 – Vemos Tao como nós somos, e não como ele é
06 – Todos os vivos nascem e morrem – mas a vida é imortal
07 – Desinteresse, caminho da prosperidade
08 – A sabedoria da não-violência
09 – Fazer o necessário e não o supérfluo
10 – Rumo à profundeza da vida
11 – A Atuação do invisível no visível
12 – O equilíbrio da vida
13 – Atitude reta, suposição para atos corretos
14 – A visão da realidade retifica todas as facticidades
15 – A originalidade, segredo dos mestres
16 – Cumprimento da ordem cósmica
17 – A aparente ausência dos grandes chefes
18 – A tirania da inteligência derrotando a soberania da razão
19 – O fundamento da verdadeira ética
20 – O aparente fracasso do homem espiritual
21 – Confiança na força interior
22 – Da lei da compensação interior
23 – Vitória pela auto-suficiência
24 – A vida correta nasce da naturalidade
25 – A fonte do ser e os canais do devir
26 – Maestria da vida por uma dignidade silenciosa
27 – Cultura genuína
28 – Simplicidade do coração como força cósmica
29 – O poder da não-violência
30 – A paz nasce da mansuetude
31 – Todas as armas são nefastas
32 – O poder do invisível
33 – Sapiência suprema
34 – A grandeza está no serviço espontâneo
35 – O profano, o iniciado, o realizado
36 – Dominar sem violência
37 – Harmonia pelo não-agir
38 – Moralidade ou ética?
39 – Toda a diversidade se baseia na unidade
40 – O ciclo do ser e do existir
41 – A sabedoria parece estultícia
42 – A auto-realização do ser
43 – Do poder do inconspícuo
44 – A riqueza do ser e a pobreza do ter
45 – Os paradoxos da verdade
46 – A suficiência garante a paz
47 – A sabedoria interna
48 – Passividade dinâmica
49 – A vida no coração do mundo
50 – Sabedoria dá segurança
51 – O poder invisível da vida
52 – O poder da vida silenciosa
53 – O sábio não deseja o supérfluo
54 – Quem é correto no pouco é correto no muito
55 – A criança como modelo
56 – A serenidade do sábio
57 – Agir não agindo
58 – Paradoxos creadores
59 – O poder da serenidade
60 – Um bom governo supõe visão cósmica
61 – O poder do serviço
62 – Reintegração Cósmica
63 – Ver o grande no pequeno
64 – Vivências pelas leis cósmicas
65 – Orientar-se pelas leis imanentes
66 – Governar servindo
67 – As três coisas preciosas
68 – Invencível pela paz interior
69 – Superioridade pela modéstia
70 – A pequena elite dos sábios
71 – Ignorar sua ignorância
72 – Mentalizar o mal é perigoso
73 – Matar ou deixar viver
74 – Vida e morte
75 – Por que o povo se revolta
76 – O poder da vida
77 – A lei da compensação
78 – Passividade dinâmica
79 – Deveres e direitos
80 – A felicidade pela vida simples
81 – Sabedoria pelo desapego

* Texto elaborado pelo aluno Joji Toyama.

Anúncios

Um comentário sobre “Relato do Capítulo 02 do Tao Te Ching – Aula de Tai Chi no dia 22/06/2013.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s