IMPORTÂNCIA DA MEDITAÇÃO: EXPERIÊNCIA DA ALUNA MIRIAM IWAMOTO

Aviso importante:

Este texto é postado para compartilhar entre os alunos que pratiquem no Centro Taoísta, a prática dela não é  recomendável para as pessoas que não tem a orientação do Professor. Nós não reponsabilizamos por qualquer indisposição causada dos leitores que tentarem fazer a prática por conta própria.

Imagem

Meditação não é relaxamento. Por isso é que ouvir música não faz diferença durante ameditação pois é necessário concentração. Quando se acompanha a música não se concentra na meditação.

Uma dica para auxiliar na descida da energia durante a meditação é, após visualizar a energia na região do lin-tai (ponto atrás dos olhos / base da cabeça), acompanhar sua descida se concentrando na região do nariz. Assim fica mais difícil se dispersar e ter que começar tudo novamente (é como se a energia entrasse pelo gargalo de uma garrafa) O lin-tai se relaciona com a glândula epífise / pineal e com a hipófise, e tem relação com a produção hormonal). Durante a descida, a energia passa por outros pontos (como na região da garganta e do coração / meio dos mamilos) até chegar ao tan-tien (mais ou menos três dedos abaixo do umbigo situado internamente no abdome, e à frente dos rins).

Quando a energia que corre no corpo é pré-natal (antes do nascimento, ainda no ventre materno), ela circula livremente num circuito fechado que vai do lin-tai até o tan-tien, e depois para o yin-chao (entre vagina / ânus na mulher e entre crótus / ânus no homem, mas não na pele, situa-se mais internamente, à frente do cóccix), pela frente, e volta ao lin-tai por trás.

A partir do nascimento, a energia não corre mais automaticamente dessa forma. Conforme o tempo passa, mais difícil é manter esse circuito. A energia acaba se concentrando cada vez mais na região da cabeça (ex: como no caso de estresse) e tem dificuldade de descer e manter o circuito fechado.

Se compararmos a energia com o fogo e representando os rins como água, quando conseguimos descer a energia, é como se essa energia fervesse a água, que chega à cabeça (alto) e naturalmente condensasse esse vapor descendo novamente como água aos rins (essa é uma representação desse circuito energético pré-natal).

A meditação é uma forma de reativar a naturalidade desse circuito, que faz com que o organismo trabalhe livremente, sem bloqueios energéticos, o que traz também longevidade. Por isso é que após certa idade, só há auxílio efetivo na saúde com a meditação.

Após a descida da energia do lin-tai para o tan-tien e depois deste para o yin-chao, a energia passa para uma região do cóccix (segunda fileira de forames / buracos / pontos deste osso). Chegar neste local é como atravessar um portal energético, primeiro passo para que a energia seja reposta / armazenada no organismo. Exercitar a descida e concentração de energia nesse ponto é portanto muito importante.

Quando há bloqueio em algum ponto do trajeto da energia, alguns órgãos podem ser afetados por excesso ou falta de energia. É interessante notar a proximidade entre os rins e o coração. Quando os rins são afetados,logo o coração também é atingido (observar também a relação próxima entre o tan-tien e os rins – o tan-tien fica logo à frente dos rins)

A região do yin-chao também está relacionada com a criação / reprodução / energia vital. Observa-se alta tendência de casos de impotência em indivíduos da raça negra, que normalmente concentram bastante energia vital, possivelmente pela posição de extremo (esgota ao chegar no limite).

São Paulo 30/02/2013 Miriam Iwamoto

Anúncios

Um comentário sobre “IMPORTÂNCIA DA MEDITAÇÃO: EXPERIÊNCIA DA ALUNA MIRIAM IWAMOTO

  1. Pingback: IMPORTÂNCIA DA MEDITAÇÃO: EXPERIÊNCIA DA ALUNA MIRIAM IWAMOTO | Gptw's Weblog

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s